Vacinação da 3ª dose começa em setembro no RJ com idosos

Um comunicado feito pelo secretário de Saúde do Rio de Janeiro (RJ), Daniel Soranz, informou que a prefeitura incluirá a terceira dose no cronograma de vacinação da idade. A previsão é para que os idosos sejam os primeiros a ter o reforço vacinal a partir de setembro. 

Vacinação da 3ª dose começa em setembro no RJ com idosos
Vacinação da 3ª dose começa em setembro no RJ com idosos. (Imagem: Correio Braziliense)

A decisão foi tomada em respeito ao parecer do comitê científico de enfrentamento à Covid-19 (CEEC). Desta forma, a Prefeitura do Rio de Janeiro já começou a se organizar para dar início a uma nova etapa da campanha de vacinação que atenderá gradativamente os adultos com 60 anos de idade ou mais, da mesma forma como ocorreu no início das ações em janeiro de 2021. 

Desta vez, a vacinação contra a Covid-19 com a terceira dose no RJ será levada primeiramente, às casas de repouso e asilos, iniciativa que deve ser prolongada até o mês de novembro.

Este público será imunizado com a terceira dose da vacina AstraZeneca ou Pfizer. A vacinação com ambos os imunizantes deverá acontecer independente de qual marca tenha sido aplicada nas duas primeiras fases.

Na oportunidade, o secretário ressaltou que a preferência será dada a “instituições de longa permanência, onde os idosos estão mais expostos. Foram projetados dados sobre a eficiência da vacina e elas protegem, oferecem alto grau de proteção. Mas, para idosos, fica a recomendação para fazer uma dose de reforço, como outros países estão fazendo”, declarou Daniel Soranz. 

Para garantir que a vacinação contra a Covid-19 mediante a aplicação de uma terceira dose siga sem impasses, a Prefeitura do Rio de Janeiro pretende enviar um ofício ao Ministério da Saúde para regulamentar a ação e assegurar o repasse periódico de doses das vacinas para que o reforço vacinal realmente possa ser executado.

Vale ressaltar sobre a possibilidade de um acordo direto entre a administração municipal e os institutos fabricantes das vacinas. 

É importante considerar que se esta mediação pelo Ministério da Saúde for retirada de cena, os trâmites para a aquisição de vacinas poderá ser mais rápido influenciando diretamente no avanço do calendário de vacinação.

No entanto, antes de recorrer a esta alternativa, é preciso saber qual será o posicionamento do Governo Federal quanto às ações que serão executadas em breve. 

Tendo em vista que ainda faltam muitos detalhes a serem acertados quanto à aquisição de doses, a Secretaria de Saúde ainda não informou como será o escalonamento da vacinação.

O que se sabe até o momento é que o cronograma continuará sendo baseado nas previsões de entregas das vacinas através dos fabricantes e do Ministério da Saúde. Ressaltando sobre a possibilidade de antecipar o intervalo entre as doses sempre que possível.

https://www.youtube.com/watch?v=SmI1bdROZkM&t=211s&ab_channel=FDR-Finan%C3%A7as%2CDireitos%2CRenda

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Vacinação da 3ª dose começa em setembro no RJ com idosos

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA