Ibovespa tem quedas contínuas e atrapalha desempenhos da Bolsa de Valores

Nos últimos dias, o Ibovespa tem apresentado resultados negativos. Grande parte dos papeis registraram perdas no ano. De 83 ações do principal índice de ações da bolsa, 53 tiveram queda no ano, de acordo com a Economatica, via G1. A informação considera o fechamento do pregão desta terça-feira (17).

Ibovespa tem quedas contínuas e atrapalha desempenhos da Bolsa de Valores
Ibovespa tem quedas contínuas e atrapalha desempenhos da Bolsa de Valores (Imagem: Pixabay)

Na parcial anual, as Lojas Americanas tiveram a maior perda no Ibovespa. A redução foi de 49,8%. O segundo pior resultado foi do Grupo Pão de Açúcar, com diminuição de 49,38%.

Por outro lado, houve três ações que acumularam alta acima de 100% na parcial de 2021. São estas: Hering, com alta de 124,79%; Braskem, com 122,74%; e Embraer, com 105,2%.

Nesta terça-feira (17), a bolsa apresentou queda de 1,07%, aos 117.903 pontos. Com isso, estas foram as mínimas mais acentuadas desde o início de maio. No acumulado mensal, a bolsa teve redução de 3,20%. No ano, a baixa é de 0,94%.

Em 2021, a melhor marca foi registrada no dia 7 de julho, aos 130.776 pontos. Já o pior registro foi no dia 26 de fevereiro, aos 110 mil pontos.

Ao considerar todas as 337 empresas listadas na B3, a Economatica informa que, desde o pico do ano, há perda de valor de mercado acima de R$ 582 bilhões. A quantia caiu de R$ 5,65 trilhões para R$ 5,07 trilhões.

Conforme analistas consultados pelo G1, a situação recente da bolsa brasileira acontece por conta de incertezas políticas e fiscais no cenário doméstico. Também foi indicada as preocupações devido à retomada econômica e estimativas de crescimento.

Os analistas ainda indicam o aumento da tensão política e ações do governo federal com possível impacto negativo na rota da dívida pública, e projeção de novos aumentos na taxa básica de juros.

No cenário externo, há preocupações dos investidores acerca da retomada da economia global por conta do crescimento de casos de covid-19 — diante da propagação da variante Delta.

Desempenho do Ibovespa nesta quarta-feira (18)

Nesta quarta-feira (18), o Ibovespa fechou aos 116.642 pontos, o que representou uma queda de 1,07%. Este foi o menor valor desde o dia 1º de abril. O índice final foi próximo da mínima diária, de 116.615 pontos. Já a máxima do dia foi de 118.548 pontos.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Ibovespa tem quedas contínuas e atrapalha desempenhos da Bolsa de Valores

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA