Valor da gasolina no RJ é considerada a mais cara do mês após nova alta

Na primeira quinzena de agosto, o preço médio da gasolina no Rio de Janeiro ultrapassou o valor registrado no Acre, estado que possui maior dificuldade de logística. O valor da gasolina no RJ foi de R$ 6,458 por litro. A informação foi levantada pelo Índice de Preços Ticket Log (IPTL), via Estadão.

Valor da gasolina no RJ é considerada a mais cara do mês após nova alta
Valor da gasolina no RJ é considerada a mais cara do mês após nova alta (Imagem: Tomaz Silva/Agencia Brasil)

Esta foi a primeira vez no ano que o IPTL registra o valor médio da gasolina mais alto em algum estado fora do Acre. Este índice de preços de combustíveis considera os 21 mil postos credenciados da Ticket Log.

Por outro lado, o estado com o menor preço médio foi o Amapá. Nesta região, o combustível foi comercializado nos postos a R$ 5,490 por litro.

Na perspectiva nacional, o IPTL indica que o preço médio da gasolina continuou acima de R$ 6,00. O valor médio deste combustível, na primeira quinzena de agosto, foi de R$ 6,068 por litro. Este preço representa uma elevação de 1,03% em relação ao fechamento de julho.

A Ticket Log informou que o etanol também apresentou alta, de 1,45%. A média identificada nos postos de combustíveis foi de R$ 5,115.

Segundo o diretor de Mercado Urbano da Edenred Brasil, controladora da Ticket Log, Douglas Pina, todas as regiões do Brasil tiveram elevações — tanto no valor da gasolina quanto do etanol.

Registro do valor da gasolina do RJ acontece em meio a nova alta pela Petrobras

Na última quinta-feira (12), a Petrobras aumentou o preço da gasolina nas refinarias. O preço médio deste combustível passou de R$ 2,69 para R$ 2,78 por litro. Este novo patamar representa uma subida de 3,3%.

De acordo com a Petrobras, o reajuste nas refinarias acompanha a elevação nos patamares internacionais de preço. A estatal argumenta que isso acontece com o objetivo de “garantir que o mercado siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento”.

Ao considerar o acumulado anual, a gasolina teve aumento de aproximadamente 51%. Vale lembrar que o preço final para os motoristas depende de cada posto de combustíveis, além dos impostos e custos operacionais em cada estado.

No Rio de Janeiro, por exemplo, há um acréscimo de 2% ao ICMS por conta do fundo da pobreza.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 5

Valor da gasolina no RJ é considerada a mais cara do mês após nova alta

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA