Quando será a vacinação de menores de 18 anos em São Paulo?

De acordo com o governador do Estado de São Paulo (SP), João Doria, os adolescentes com idade entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra a Covid-19 a partir do dia 18 de agosto. Enquanto isso, a unidade federativa segue concentrada em concluir a meta de vacinar toda a população adulta com mais de 18 anos. 

Quando será a vacinação de menores de 18 anos em São Paulo?
Quando será a vacinação de menores de 18 anos em São Paulo? (Imagem: Agência Brasil)

A data do dia 18 de agosto consiste na antecipação de cinco dias para o calendário original que daria início à vacinação dos adolescentes no dia 23 de agosto.

A autorização oficial da vacinação de adolescentes pelo Plano Nacional de Imunização aconteceu no final do mês de julho mediante acordo mútuo entre o Ministério da Saúde e os conselhos dos secretários estaduais e municipais de saúde, o Conass e o Conasems, respectivamente. 

A princípio, terão prioridade no calendário de vacinação os adolescentes na faixa etária mencionada que possuem comorbidades, para somente então, ser liberada aos demais. No entanto, os estados e municípios têm autonomia para adequar o cronograma de vacinação de acordo com a demanda e disponibilidade locais. 

Ao que tudo indica, este público será vacinado com as vacinas da Pfizer, única marca autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para atender a faixa etária de 12 a 17 anos. 

Neste sentido, o Governo Federal tem reservado 20% das vacinas da Pfizer para a imunização dos adolescentes. A ampliação do percentual de distribuição de 10% para 20% foi necessária para conseguir atender este público, pois do contrário, as doses se esgotariam rapidamente e seria necessário suspender a imunização deste grupo. 

Na oportunidade, João Doria ressaltou que a meta do Estado de São Paulo é vacinar todos os adolescentes com idade entre 12 a 17 anos até o dia 5 de setembro. “A prioridade será imunizar grávidas e adolescentes que possuam algum tipo de comorbidade ou deficiência”, explicou. 

A coordenadora do Plano Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula, explicou que esta ordem de prioridade visa amparar não apenas os mais frágeis e necessitados, como também as respectivas famílias, colegas de escola, entre outros que estão em contato direto com essas pessoas. 

A iniciativa se mostra ainda mais importante em virtude da volta às aulas no Estado de São Paulo, ocasião que requer a vacinação não apenas dos professores e demais profissionais da educação, como também de todos os alunos. 

Em menção ao repasse reduzido de doses das vacinas contra a Covid-19 na última semana, a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo reforça a necessidade de o Governo Federal cumprir o compromisso de entregar a quantidade acordada. Segundo João Doria, o Ministério da Saúde deixou de repassar 228 mil doses da Pfizer.

Em resposta, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, explicou que o repasse inferior ao de costume aconteceu como uma forma de compensar as doses extras enviadas ao Estado em ocasiões anteriores.

Agora, o Queiroga debate sobre o tema junto ao Secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, após João Doria ameaçar judicializar o assunto.

https://www.youtube.com/watch?v=SmI1bdROZkM&t=26s&ab_channel=FDR-Finan%C3%A7as%2CDireitos%2CRenda

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.2
Total de Votos: 6

Quando será a vacinação de menores de 18 anos em São Paulo?

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA