Educadores de MG devem receber vacina mais rápido após ordem do governo

Recentemente, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) informou que há a possibilidade de diminuir o intervalo para que os educadores da rede estadual de ensino recebam a vacina contra a Covid-19. A iniciativa contempla os professores e demais servidores que trabalham nas instituições de ensino estaduais. 

Educadores de MG devem receber vacina mais rápido após ordem do governo
Educadores de MG devem receber vacina mais rápido após ordem do governo. (Imagem: O Globo)

Boa parte destes profissionais já receberam doses da vacina AstraZeneca e da Pfizer, as quais são aplicadas nos demais países em intervalos inferiores aos adotados no Brasil. Neste sentido, é importante ressaltar que o Governo Federal pretende reduzir o intervalo de aplicação da Pfizer ainda neste mês de agosto.

Em contrapartida, a Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), ressaltou que o Ministério da Saúde mediante o Programa Nacional de Imunizações não aconselha a redução do intervalo de aplicação das doses da vacina contra a Covid-19. A restrição é direcionada aos imunizantes produzidos pelos laboratórios AstraZeneca, Pfizer e Instituto Butantan. 

Desta forma, a expectativa do Governo de Minas aguarda a mobilização de entidades sindicais do setor educacional com o objetivo de promover a volta às aulas da maneira mais segura possível diante das circunstâncias atuais, tanto para os professores quanto para os alunos e respectivos familiares. Especulações apontam uma possível greve mobilizada pela categoria ainda para esta semana. 

Na última sexta-feira, 30, o Governo de Minas Gerais recebeu o 33º lote contendo doses da vacina contra a Covid-19. Ao todo foram 641.200 doses, sendo 351 mil da Pfizer e 290.200 da CoronaVac. 

A distribuição das doses da vacina para as Unidades Regionais de Saúde (URSs) começou nesta segunda-feira, 2, e segue até amanhã. Porém, não se sabe a quantidade exata enviada para cada município mineiro.

Em Belo Horizonte, a vacinação segue com a aplicação da segunda dose da vacina para adultos com comorbidades na faixa etária de 56 e 55 anos de idade. Gestantes e puérperas sem comorbidades a partir dos 18 anos também podem ser imunizadas na capital mineira. 

Na oportunidade, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que tem se empenhado ao máximo para antecipar o calendário de vacinação em até uma semana, no que se refere à aplicação da segunda dose da vacina.

Por esta razão é essencial que os cidadãos mineiros se atentem quanto à data agendada no comprovante de vacinação entregue durante a aplicação da primeira dose do imunizante. 

De segunda a sexta-feira, os postos de vacinação fixos e extras funcionam das 08h às 17h, enquanto os postos drive-thru ficam abertos das 08h às 16h30. Para se vacinar é preciso apresentar o cartão de vacina, documento de identidade original com foto e o CPF. O atual calendário de vacinação de Belo Horizonte é o seguinte:

  • Segunda-feira, 2: segunda dose para pessoas com comorbidades de 56 e 55 anos e gestantes e puérperas sem comorbidades (com 18 anos ou mais);
  • Terça-feira, 3: segunda dose para pessoas com comorbidades de 54 e 53 anos;
  • Quarta-feira, 4: segunda dose para pessoas com comorbidades de 52 a 50 anos e primeira dose para homens de 35 anos, completos até 31 de agosto, exclusivamente residentes de Belo Horizonte;
  • Quinta-feira, 5: segunda dose para pessoas com comorbidades de 49 e 48 anos e primeira dose para mulheres de 35 anos, completos até 31 de agosto, exclusivamente residentes de Belo Horizonte;
  • Sexta-feira, 6: segunda dose para pessoas com comorbidades de 47 a 42 anos;
  • Sábado, 7: segunda dose para pessoas com comorbidades de 41 a 34 anos.

https://www.youtube.com/watch?v=SmI1bdROZkM&t=32s

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Educadores de MG devem receber vacina mais rápido após ordem do governo

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA