Pedidos de seguro desemprego têm queda expressiva no 1º semestre de 2021

Apesar do desemprego em massa proveniente dos impactos da pandemia da Covid-19, as solicitações referentes ao seguro desemprego tiveram uma queda de 21% no primeiro semestre de 2021. O percentual é nítido se comparado ao mesmo período do ano passado, em que foram registrados quase quatro milhões de pedidos do benefício. 

Pedidos de seguro desemprego têm queda expressiva no 1º semestre de 2021
Pedidos de seguro desemprego têm queda expressiva no 1º semestre de 2021. (Imagem: FDR)

O maior recorde registrado até o momento se refere ao mês de maio de 2020, quando os pedidos de seguro desemprego chegaram a 960.308, o maior número da história.

Em junho deste ano, o quantitativo caiu para 483.233 requerimentos de acordo com o Painel de Informações do Seguro-Desemprego, vinculado à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. 

A queda expressiva no número de registros do seguro desemprego pode estar vinculada a várias razões, que vão desde a elegibilidade para requerer o benefício, até a escolha do trabalhador em dar ou não entrada no requerimento.

Em nota, a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, disse que até agora, no decorrer de 2021, o Brasil tem tentado se recuperar economicamente. 

Este ano, o país foi capaz de gerar novos postos de trabalho mensalmente, “o que explica, em parte, o menor número de pedidos em relação ao ano passado, em que nos primeiros meses houve perda expressiva de emprego em decorrência do lockdown imposto pela pandemia naquele momento”, declarou a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho. 

Em contrapartida, o economista Hélio Zylberstajn, acredita que a queda nas solicitações do seguro desemprego até o momento, indicam o fato de as empresas tornarem a se estabilizar e, portanto, não terem a necessidade de recorrer às demissões com frequência como aconteceu em 2020.

“Provavelmente porque já enxugaram o que tinham que enxugar e agora estamos ‘virando a chave’ no mercado de trabalho”, ponderou.

Seguro desemprego

O seguro desemprego é um benefício assistencial direcionado aos trabalhadores demitidos sem justa causa. O direito é concedido aos trabalhadores que se enquadram nas categorias de trabalhador formal, artesanal, com bolsa de qualificação, resgatados de condição semelhante à escravidão, além de empregados domésticos.

Estes trabalhadores devem cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter sido dispensado sem justa causa;
  • Estar desempregado quando fizer a solicitação do benefício;
  • Ter recebido pelo menos 12 salários nos últimos 18 meses. Essa regra é válida para a primeira solicitação;
  • Ter exercido, pelo menos, nove meses de trabalho nos últimos 12 meses, quando fizer o segundo pedido de seguro-desemprego;
  • Ter trabalhado com carteira assinada em todos os 6 últimos meses, a partir do terceiro pedido;
  • Não ter renda própria para o seu sustento e sustento da família;
  • Não receber benefícios de prestação continuada da Previdência Social. A regra é válida exceto para pensão por morte e auxílio-acidente.

O pedido do seguro desemprego deve ser realizado entre o 7º ao 120º dia após a rescisão do vínculo trabalhista.

Feito isso, basta esperar pelo prazo de 30 dias para receber a primeira parcela do seguro desemprego pelo Caixa Tem, ou em conta corrente/poupança indicada durante a solicitação.

https://www.youtube.com/watch?v=xdvWk5r-Rng

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Pedidos de seguro desemprego têm queda expressiva no 1º semestre de 2021

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA