SuperaRJ atrasa entrega dos cartões de R$ 200 e prejudica desempregados

O SuperaRJ foi lançado em 2 de junho e visa ajudar a população que não tem renda fixa. Porém, ainda há cariocas que não conseguiram receber o cartão do benefício, e estão sofrendo sem a ajuda de R$ 200 prometido pelo governo do estado.

SuperaRJ atrasa entrega dos cartões de R$ 200 e prejudica desempregados
SuperaRJ atrasa entrega dos cartões de R$ 200 e prejudica desempregados (Imagem: Imprensa Brasil)

Os trabalhadores desempregados do estado do Rio de Janeiro afirmam que os R$ 200 do ainda não caiu na conta. Mesmo entrando em contato, o órgão responsável pelo pagamento não sabe informar o motivo do atraso.

Alguns beneficiários informaram que a justificativa apresentada é que eles já são contempladas por programas do Governo Federal, como o Bolsa Família ou o auxílio emergencial.

Porém, os cidadãos afirmam que nunca receberam qualquer um desses benefícios. Em nota, o Governo do Rio de Janeiro disse que para a seleção do programa SuperaRJ são realizados um cruzamento de dados do Dataprev.

O auxílio Supera RJ deve ser pago até dezembro deste ano. O programa ainda pagará um abono extra no valor de R$ 50 para cada filho do beneficiário (limitado a dois dependentes menores de idade).

Sem receber a ajuda do Estado ou do governo e sem renda fixa, esses cidadãos vêm sofrendo para manter o alimento de cada dia e deixando as dívidas acumular. Dessa maneira, os maiores prejudicados pelo atraso são os cariocas mais pobres.

Requisitos do SuperaRJ

  • Maiores de 18 anos, com exceção das mães adolescentes;
  • Morador do Estado do Rio de Janeiro;
  • Que esteja com o CPF regularizado;
  • Que perdeu o emprego formal com salário de até R$ 1.501, do dia 13 de março de 2020 em diante, e se encontra sem nenhuma renda atualmente;
  • Que esteja inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal na condição de pobreza e pobreza extrema;
  • Que apresente renda per capita igual ou inferior a R$ 178.

Os cidadãos que recebem Bolsa Família, auxílio emergencial (federal ou municipal), benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista (pensão por morte, aposentadoria do INSS ou seguro desemprego) não podem ser contemplados pelo SuperaRJ.

Pontos de distribuição do cartão SuperaRJ

  • Vila Olímpica de Nova Iguaçu;
  • Quadra da escola de samba Inocentes de Belford Roxo;
  • Quadra da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel;
  • Quadra da escola de samba Grande Rio;
  • Quadra da escola de samba Unidos do Porto da Pedra;
  • Quadra da escola de samba Imperatriz Leopoldinense;
  • Quadra da escola de samba Portela;
  • Faetec – Maria Mercedes Mendes Teixeira;
  • Detran – Barra da Tijuca;
  • Vila Olímpica da Mangueira;
  • Quadra da escola de samba São Clemente;
  • Quadra da escola de samba Acadêmicos de Santa Cruz;
  • Quadra da escola de samba Unidos do Viradouro;
  • Quadra da escola de samba Unidos da Ponte;
  • Quadra da escola de samba Paraíso do Tuiuti;
  • Detran – Itaboraí;
  • Ciep Brizolão 305 Heitor dos Prazeres;
  • Quadra da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis;
  • Quadra da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro;
  • Quadra da escola de samba Acadêmicos Vigário Geral;
  • Quadra da escola de samba da União da Ilha.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 6

SuperaRJ atrasa entrega dos cartões de R$ 200 e prejudica desempregados

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA