Ensino médio de São Paulo terá uma aula à mais por dia em 2022

A partir de 2022 o Ensino Médio das escolas públicas de São Paulo passarão por algumas mudanças. De forma gradativa, os alunos terão mais um dia de aula. Para que essa mudança aconteça, serão investidos R$ 303,5 milhões e mais 10 mil novos professores serão contratados.

Ensino médio de São Paulo terá uma aula à mais por dia em 2022
Ensino médio de São Paulo terá uma aula à mais por dia em 2022 (Imagem: Reprodução Governo do Estado de São Paulo)

Novo Ensino Médio

O vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB), do estado de São Paulo, anunciou nesta semana o novo sistema de ensino das escolas pública de Ensino Médio do estado, a partir de 2022.

Confira todas as mudanças abaixo:

  • Até este ano de 2021, os alunos do ensino médio no período diurno têm 35 aulas semanais (7 por dia). Eles passarão a ter 40 aulas semanais (8 por dia);
  • No noturno, são 25 aulas semanais. Eles passarão a ter 33 aulas semanais (aumentando em 8 aulas a carga geral);
  • A mudança será gradual: os alunos do 2º ano do ensino médio terão uma aula a mais por dia já a partir do próximo ano;
  • E o 3º ano passará a ter 8 aulas por dia em 2023;
  • Para as turmas do período noturno, a ampliação para 8 aulas diárias irá ocorrer já a partir 1º ano do ensino médio;
  • As aulas presenciais não serão obrigatórias em agosto. Em setembro, cada escola pode reavaliar essa definição;
  • O ensino híbrido, com aulas online e presenciais, deve continuar, de acordo com o secretário estadual da Educação.

Para que essas mudanças aconteçam de forma efetiva, o governador anunciou um investimentos de R$ 303,5 milhões para o ensino médio do estado de São Paulo, e disse que 10 mil novos professores serão contratados.

Nas palavras do governador toda essa verba será investida para equipar às escolas em diferentes áreas de conhecimento.

“Os recursos do PDDE-SP serão destinados para que todas as escolas estaduais do ensino médio possam ampliar e melhorar a infraestrutura oferecida para atender às propostas de aprendizagem. O montante será dividido em quatro categorias: Novo Ensino Médio, Laboratório de Ciências, Laboratório Maker e Mini-Estúdios”, disse o governador.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Rotina escolar dos alunos

A nova grade curricular dos estudantes terá como base três componentes: Inova Educação – Projeto de Vida, Eletivas e Tecnologia e Inovação. A partir disso o próprio aluno poderá escolher uma ou duas áreas para se aprofundar em conhecimentos específicos. 

Os aprofundamentos escolares contarão com quatro áreas de interesse: Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza.

Além do mais, os alunos terão a categoria de Itinerário Informativo, que mistura áreas do conhecimento com a qualificação profissional e o Novotec Integrado, oferece a oportunidade do estudante sair com um diploma de curso técnico e com o do ensino médio.

Mariana Castro
Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes - SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a sessão de carreiras do FDR, produzindo pautas sobre educação e emprego.