Prefeitura de SP testa volta de eventos com reabertura da Avenida Paulista dia 25

Governo de São Paulo avalia realização de eventos de grande porte. No último domingo (18), a prefeitura municipal autorizou o funcionamento da Avenida Paulista como uma fase de teste em relação ao novo coronavírus. A ação se repetirá neste final de semana, abrindo margem para shows e demais atividades.

Prefeitura de SP teste volta de eventos com reabertura da Avenida Paulista dia 25 (Imagem: Reprodução Folha de SP)
Prefeitura de SP teste volta de eventos com reabertura da Avenida Paulista dia 25 (Imagem: Reprodução Folha de SP)

Há mais de um ano o Brasil vem enfrentando a luta contra o novo coronavírus. Com mais de 500 mil mortos, foi preciso suspender uma série de atividades, como shows, feiras de exposição ou qualquer evento que gerasse aglomerações. No entanto, a Avenida Paulista voltará a funcionar.

Eventos já confirmados

Até o momento, o governo do estado já conta com cerca de 30 eventos testes marcados até o mês de novembro. O primeiro será a Expo Retomada, realizada no Centro de Convenções de Santos.

Em agosto, o Memorial da América Latina receberá a Feira da Economia Criativa. Há ainda shows marcados em outubro e novembro com realização no Allianz Parque. Já em novembro o GP da Fórmula 1 no Autódromo de Interlagos voltará a receber seu público.

Testes na Avenida Paulista

Para garantir a realização das atividades acima, a prefeitura de São Paulo vem realizando testes na avenida Paulista. No último domingo (18), o espaço foi reaberto para o público que pude passar a manhã desfrutando de atividades ao ar livre.

A iniciativa se repetirá neste domingo (25), através do programa Ruas Abertas. A população poderá circular pelo espaço entre 8h e 12h, sendo proibida a circulação de veículos. Todos os presentes estão sendo fiscalizados pelos agentes sanitários que exigem o uso obrigatório de máscaras.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

“Monitoramos as imagens com drones da Policia Militar e da Guarda Civil Municipal (GCM). O resultado foi positivo porque foi um horário que não tem muita aglomeração, as pessoas ficaram dispersadas. Lembrando que a Paulista é um local aberto”, disse o prefeito, Ricardo Nunes (PSDB).

O que dizem os cientistas?

Para os infectologistas, a decisão é um pouco perigosa e deve ser realizada com muita cautela. No caso dos eventos ao ar livre, há probabilidade de contágio é menor, porém não se pode dispensar o uso das máscaras.

Já para atividades realizadas em espaço fechado e com um número maior de pessoas, os riscos ainda são grandes.

Hoje a situação epidemiológica que estamos não permite nenhum tipo de evento, de aglomerações, com um número grande de público. Primeiro porque temos um número de completamente vacinados baixos, estamos registrando elevação de casos diariamente e estamos na eminência da entrada de uma variante que não conhecemos bem”, informa o infectologista Renato Kfouri, em entrevista ao G1.

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.