LinkedIn fica no passado com criação de currículo no TikTok; como funciona?

Dentre as principais plataformas sociais no mundo, o LinkedIn tem sido o mais conhecido para encontrar emprego. Apesar disso, esta não é a única forma usada pelos jovens na busca de uma colocação no mercado de trabalho. Recentemente, o público passou a criar currículo no TikTok.

LinkedIn fica no passado com criação de currículo no TikTok; como funciona?
LinkedIn fica no passado com criação de currículo no TikTok; como funciona? (Imagem: Solen Feyissa/Unsplash)

Recentemente, o TikTok iniciou os testes de uma nova ferramenta para que os usuários se candidatem a vagas de emprego por meio do próprio aplicativo. Chamado de TikTok resumes, a novidade permite o envio de currículo em formato de vídeo.

Os vídeos produzidos são direcionados a companhias cadastradas na ferramenta. Entre as empresas disponíveis, estão: Shopify, Chipotle, Sweetgreen, Target, entre outras.

Inicialmente, esta novidade não está disponível no Brasil. A ferramenta tem sido oferecida apenas para a população dos Estados Unidos. O projeto conta com 30 empresas participantes.

Os moradores do país norte-americano podem se candidatar às vagas até dia 31 de julho. Ainda não há previsão de quando o recurso será expandido para mais usuários.

A empresa afirma que o Tiktok Resumes conta com currículos de níveis variados — do básico ao avançado. A plataforma social declarou, em comunicado, que visa encorajar os usuários a apresentar de maneira criativa e autêntica os conjuntos de experiências e habilidades.

O chefe global de marketing da rede social, Nick Tran, destacou a expectativa de como a comunidade adotará essa ferramenta e ajudará “a reimaginar o recrutamento e a descoberta de empregos”.

Funcionamento da criação de currículo no TikTok

Os candidatos interessados em obter uma das vagas de emprego publicam vídeos com a hashtag #TikTokResumes nas legendas. Os vídeos-currículos também podem ser vistos por meio do site TikTokresumes.com. Caso queiram, essas pessoas podem inserir outras informações de contato.

Dessa forma, os empregadores poderão visualizar os vídeos. Para isso, contudo, as mídias devem estar em modo público. Consequentemente, caso haja interesse, os patrões poderão marcar entrevistas com os candidatos escolhidos.

Como o vídeo passa a ser disponibilizado publicamente, o vídeo de instrução do TikTok orienta que as pessoas não forneçam informações pessoais neste formato de currículo. Sendo assim, os interessados devem evitar incluir dados como o número de telefone e e-mail, por exemplo.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

LinkedIn fica no passado com criação de currículo no TikTok; como funciona?

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA