Professores ganham prioridade na antecipação da vacina da COVID-19 no DF

Gestores do Distrito Federal antecipam calendário de vacinação contra o novo coronavírus. Nessa semana, a secretaria de saúde informou que estará dando prioridade para os professores da rede pública nas filas de aplicação da segunda dose da Oxford/AstraZeneca. O grupo passará a ser imune na próxima semana.

Professores ganham prioridade na antecipação da vacina da COVID no DF (Imagem: Terra)
Professores ganham prioridade na antecipação da vacina da COVID no DF (Imagem: Terra)

Manter a população vacina contra a covid-19 é o principal desafio da gestão pública. No entanto, para os professores do Distrito Federal as notícias são positivas.

Aqueles que atuam na rede pública poderão receber a segunda dose do medicamento ao longo dos próximos dias, o que significa a antecipação de um mês do calendário inicial.

Detalhes da vacinação para professores

O primeiro grupo de professores passou a ser imunizado no dia 20 de maio, com a previsão final das aplicações no fim de agosto. No entanto, com a aquisição de novas vacinas, foi possível antecipar o cronograma em cerca de 30 dias.

Dessa forma, já nesta semana a segunda dose passará a ser aplicada, sendo necessário apenas fazer um novo agendamento e exibir um documento oficial com foto. A marcação permanece disponível no portal de vacinação da região.

 “Esperamos respostas do Ministério (da Saúde) e das fabricantes, para entender a melhor forma de fazer isso. Porém, como foi definido que não há problemas em antecipar, vamos adotar isso, com certeza, para (quem recebeu doses da) Pfizer e AstraZeneca”, afirmou o secretário de Saúde, Osnei Okumoto.

Balanço geral da vacinação no DF

Até o momento, os números da secretaria de saúde afirmam que cerca de 23,9 mil trabalhadores da rede pública e privada já foram imunes. Nesse total, há não só professores, como também servidores do departamento administrativo, vigilantes e merendeiros, aguardando a segunda dose.

Houve ainda um grupo de 28 mil pessoas que foram imunizados em dose única, através da aplicação da Janssen. Por fim, foi possível contabilizar também 7 mil profissionais que se negaram a tomar a vacina.  

Com a antecipação do cronograma para os professores, a secretaria de educação espera que a partir do dia 2 de agosto as aulas da rede pública sejam retomadas presencialmente.

A medida deverá ser confirmada em breve, a depender dos índices de contaminação pela covid-19.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.