Ministérios da Saúde e Educação elaboram plano para volta às aulas mais seguro

Plano elaborado pelos dois ministérios deve ser seguido pelas escolas da rede pública e particular de ensino. O protocolo de volta às aulas deve ser publicado já na próxima semana.

Ministérios da Saúde e Educação elaboram plano para volta às aulas mais seguro
Ministérios da Saúde e Educação elaboram plano para volta às aulas mais seguro (Imagem/Reprodução: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo)

Hoje, a educação é praticamente o único setor que não retomou suas atividades por conta da pandemia, diversos outros retomaram, ainda que de forma mais contida. Pensando nisso, os Ministérios da Educação e Saúde se uniram para elaborar um plano de volta às aulas.

“Temos apoio da Unicef, da Unesco, da OMS e da OCDE [para isso]. Há absoluto consenso de que vacinação não é pré-requisito para o retorno às aulas. Vamos, portanto, criar um protocolo conjunto que será estabelecido por portaria interministerial, estabelecendo as regras para o retorno seguro”, afirmou Marcelo Queiroga, Ministro da Saúde.

Vacinação dos professores e volta às aulas

Diversos sindicatos de professores espalhados pelo Brasil solicitam que o primeiro passo para a retomada da educação, ainda que gradativa, seja a vacinação dos profissionais da educação.

No entanto, os ministros acreditam que essa não deve ser a questão central.

Para o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, questões como a dificuldade de aprendizado com o ensino remoto, questões emocionais e até mesmo nutricionais devem ser levadas em consideração.

Vale lembrar que em muitos casos a escola fornece a única refeição para algumas crianças.

Diversos projetos tramitam na Câmara dos Deputados e solicitam que os professores sejam prioridade na vacinação de todos os estados.

Estados como São Paulo têm avançado bastante na imunização desses profissionais.

Como deve ser esse plano de volta às aulas?

Só teremos conhecimento de fato do plano na próxima semana. No entanto, já podemos ter certa noção de algumas informações que ele deve conter.

Por exemplo, as medidas de biossegurança já conhecidas por todos devem ser reafirmadas no documento.

É possível que os parâmetros de distanciamento e de ocupação dos ambientes escolares sejam diferentes dos usuais hoje em diversos estados brasileiros.

Lembrando que, esse plano deverá ser aplicado em todo o país e servirá para todas as redes de educação.

Com a editoria de carreiras do FDR  você sempre fica bem informado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA