Doria anuncia antecipação da vacinação no estado, mas sem calendário

Nesta quarta-feira, 7, o governador do Estado de São Paulo (SP), João Doria, comunicou uma nova antecipação do calendário de vacinação estadual. No entanto, maiores detalhes como as datas exatas em que as próximas imunizações irão ocorrer não foram divulgados. 

Doria anuncia antecipação da vacinação no estado, mas sem calendário
Doria anuncia antecipação da vacinação no estado, mas sem calendário. (Imagem: UOL)

O anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes. Na oportunidade, o governador João Doria apenas informou que a Secretaria do Estado de Saúde está trabalhando na estruturação de um novo calendário de vacinação, que deve ser publicado até o próximo domingo, 11.

A decisão de antecipar o calendário de vacinação da Covid-19 foi possível após o Estado de São Paulo receber um novo carregamento com milhões de doses das vacinas contra a Covid-19.

Esses imunizantes serão remanejados entre os municípios paulistas para atender os atuais grupos prioritários da campanha de imunização. 

Um lote com quatro milhões de doses da CoronaVac foram entregues diretamente por um fabricante chinês, a empresa Sinovac Biotech, no aeroporto de Guarulhos nesta quarta-feira, 7.

Essas doses fazem parte de um pedido adicional feito pelo Governo de São Paulo, do qual ainda haverá uma segunda remessa contendo 1,3 milhão de vacinas que devem chegar ao Brasil até o dia 26 de julho. 

João Doria informou que as doses que já estão em posse do Governo Estadual serão distribuídas a 645 municípios paulistas. Além do mais, a antecipação não irá afetar o contrato firmado junto ao Instituto Butantan com o Brasil.

As ações estão sendo tomadas visando a vacinação de todos os adultos com 18 anos ou mais até o dia 15 de setembro, pelo menos, com a primeira dose. 

O governador ressaltou que o Estado de São Paulo é responsável por cerca de 50% da vacinação de todo o país, razão pela qual é extremamente importante se mobilizar para antecipar o calendário sempre que possível.

Por isso, mesmo que um lote internacional tenha sido entregue recentemente, o contrato firmado junto ao presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, será cumprido mediante a aquisição de 100 milhões de doses da CoronaVac até agosto. 

“No começo de abril, tínhamos a previsão de terminar o contrato de 100 milhões em agosto. Houve aqueles atrasos nas remessas de matéria-prima e tivemos que fazer a revisão. Agora, em junho, tivemos a notícia da regularização do fornecimento de matéria-prima, e isso nos permite prever a conclusão do contrato até o final de agosto”, explicou Dimas Covas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.