Auxílio alimentar de R$ 70 pago em Curitiba ganha nova prorrogação

O Auxílio Alimentar de Curitiba foi prorrogado por mais três meses. Foi o que a Prefeitura Municipal anunciou nesta quarta-feira, 07, visando amparar a população local em situação de vulnerabilidade social. 

Auxílio alimentar de R$ 70 pago em Curitiba ganha nova prorrogação
Auxílio alimentar de R$ 70 pago em Curitiba ganha nova prorrogação. (Imagem: Pedro Ribas/SMCS)

O programa está em vigor desde abril de 2021, promovendo mensalidades no valor de R$ 70. Até o momento, o Auxílio Alimentar já conseguiu beneficiar cerca de 29,3 mil famílias caracterizadas na condição de pobreza e pobreza extrema.

Atualmente, essas famílias recebem a terceira parcela do benefício, que pode ser utilizado em um dos 34 Armazéns da Família devidamente credenciados junto à Prefeitura de Curitiba.

A princípio, as mensalidades deveriam ser encerradas neste mês de julho, mas foram prorrogadas até outubro em virtude do agravo da pandemia da Covid-19.

A viabilização do Auxílio Alimentar faz parte de uma iniciativa da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), em parceria com a Fundação de Ação Social (FAS) e a Secretaria Municipal de Finanças.

A meta é para que até o final do período estabelecido, 92,1 mil curitibanos sejam amparados pelo benefício. 

Com o recurso de R$ 70 mensais, os beneficiários têm acesso a produtos alimentícios, itens de limpeza geral e higiene pessoal, todos com 30% de desconto se comparado ao preço original aplicado nas redes de supermercado de Curitiba.

Para ter direito ao Auxílio Alimentar, as famílias devem estar inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal, junto aos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) do município. 

Aqueles que ainda não fazem parte do CadÚnico, podem procurar a unidade do CRAS mais próxima e se registrar. Ao todo, a Prefeitura de Curitiba reservou uma verba capaz de amparar até 35 mil famílias curitibanas.

Os servidores dos CRAS de Curitiba, têm se mobilizado desde o início do Auxílio Alimentar, para incluir o maior número de famílias possível no programa.

Para se ter uma noção da amplitude do benefício, somente entre o período entre abril e junho de 2021, o número de famílias beneficiadas aumentou de 21,5 mil para 29,3 mil.

De acordo com o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, “Curitiba é maior que seus desafios e com esta medida continuamos a garantir alimentação para quem mais precisa neste momento de crise econômica causada pela covid-19. Solidariedade emergencial contra a fome na pandemia”, destacou.  

Segundo o presidente da FAS, Fabiano Vilaruel, as famílias que já estavam inscritas no CadÚnico quanto o Auxílio Alimentar começou a vigorar, foram automaticamente comunicadas sobre o direito ao benefício.

Mas, isso não tira o direito de novos participantes, desde que cumpram os critérios estabelecidos pelo CRAS.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.