Último dia para fazer inscrição no programa CNH Social do Detran-GO

Termina nesta quarta-feira, 7, o prazo para os goianos se inscreverem no programa CNH Social no Estado de Goiás. Os cadastros devem ser feitos pelo site do Departamento de Trânsito de Goiás (Detran-GO)

Último dia para fazer inscrição no programa CNH Social do Detran-GO
Último dia para fazer inscrição no programa CNH Social do Detran-GO. (Imagem: Tribuna do DF)

O Estado de Goiás disponibilizou três mil vagas para aqueles que desejam adquirir a primeira habilitação, mudar ou adicionar alguma categoria na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Lembrando que todas as etapas do procedimento são gratuitas.

Desta forma, o candidato à CNH Social não precisará arcar com os custos relacionados à inclusão no Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach), Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamentos para a prova teórica e exame prático de direção, médico e psicológico.

A isenção também é válida para os candidatos com deficiência e toxicológico, exigidos para a aquisição de categorias profissionais.

De acordo com o governo do Estado de Goiás, a lista dos classificados no programa CNH Social deve ser publicada na próxima segunda-feira, 12 de julho.

Para conferir se foi selecionado ou não, basta acessar o site do Detran-GO. Lembrando que 5% do total de vagas deve ser direcionado a pessoas com deficiência (PCD).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Os custos relacionados a todas as etapas e categorias da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) são financiados pelo Governo Federal desde que o candidato siga todo o regulamento do programa. O primeiro passo é se enquadrar nos seguintes critérios:

  • Pessoas que comprovem receber até 2 salários mínimos;
  • Pessoas que estão desempregadas a mais de 12 meses;
  • Pessoas que são alunas da rede pública e possuem rendimento exemplar;
  • Pessoas com necessidades especiais;
  • Ex-presidiários;
  • Pessoas que são agricultores;
  • Pessoas que não possuem registro algum em sua carteira de trabalho;
  • Pessoas que recebem o Bolsa Família;
  • Pessoas que não possuem nenhum registro de infração no trânsito;
  • Trabalhadores do setor de transporte que desejam fazer alguma regularização perante a justiça.

Ressaltando que a CNH Social é realizada através do Departamento de Trânsito (Detran) de cada unidade federativa brasileira.

No entanto, cada Estado tem autonomia para definir o período em que as inscrições acontecerão, bem como quantas vagas serão liberadas de acordo com a disponibilidade de cada localidade. 

Diante desta possibilidade, o Estado de Goiás decidiu organizar a aquisição da primeira habilitação através da CNH Social em três categorias. São elas:

Modalidade Urbana

Basta que o candidato saiba ler e escrever, além de estar inscrito no CadÚnico e residir no perímetro urbano de alguma cidade do Estado de Goiás. 

Modalidade Estudantil

Na modalidade estudantil , o candidato deve integrar a faixa etária de 18 a 25 anos, estar inscrito no CadÚnico do Governo Federal, além de ter concluído o ensino médio em alguma escola da rede de ensino público estadual.

Em caso de empate, ficará na responsabilidade da Secretaria de Estado de Educação verificar as notas dos participantes, no intuito de identificar e classificar a média que se destacar.

Modalidade Rural

A última categoria também é composta pelos mesmos requisitos básicos de saber ler, escrever e estar inscrito no CadÚnico, além de o candidato morar na zona rural de Goiás.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.