Tarifa Branca: Quais clientes conseguem desconto especial na conta de luz?

A Tarifa Branca dá desconto na conta de luz nos horários fora do pico. Mesmo assim, apenas 0,1% solicitam o programa. Essa baixa está relacionada diretamente pela falta de divulgação do programa que existe desde 2018.

Tarifa Branca: Quais clientes conseguem desconto especial na conta de luz?
Tarifa Branca: Quais clientes conseguem desconto especial na conta de luz? (Imagem: Eletron Energia)

O atual governo planeja ampliar a participação da população no programa Tarifa Branca, devido ao grande risco de racionamento. O intuito é aliviar o uso da energia nos momentos de pico, ou seja, de maior demanda.

Porém, mesmo existindo desde 2018, apenas 0,06% dos 87 milhões de casas aderiram a Tarifa Branca. Esses dados foram apresentados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A adesão é voluntária e teve um crescimento de 52% entre o início de 2020 e março deste ano.

Com isso, passou de 37,8 mil para 57,6 mil clientes de baixa renda. A baixa adesão é devido a pouca divulgação da Tarifa Branca por parte das concessionárias de energia.

O desconto só é válido para os dias úteis e prevê três preços, cujos valores e os horários variam por concessionária.

Dessa maneira, na Light, a Tarifa Branca vale das 22h30 às 17h e custa R$ 0,612 por quilowatt-hora (kWh). A tarifa convencional é de R$ 0,694 por kWh. Com isso, a redução disponibilizada pela concessionária que funciona no Rio de Janeiro é de 11,81%.

Porém, o valor consumido nos horários de pico, ou seja, das 17h30 as 20h30, é dobrado passando a ser de R$ 1,268 por kWh. Durante o horário intermediário, de 20h30 às 22h30 o consumo fica de R$ 0,854 por kWh.

A maior participação do programa é de empresas com 57,9% seguidos dos consumidores residencial e rural com 40,1% de participação. O Ministério de Minas e Energia está incentivando as indústrias a realizarem a redução de consumo de energia nos horários de pico.

O presidente da Associação Brasileira de Companhias de Energia Elétrica (ABCE), Alexei Vivan, afirmou que hoje o país corre o risco de passar por apagões, devido ao baixo nível de água nos reservatórios.

Por esse motivo, afirma Alexei, é necessário incentivar o consumo mais consciente da energia por parte de todos os consumidores. Dessa maneira, é importante que as concessionárias divulguem a Tarifa Branca para que os consumidores façam a adesão.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.