Aposentados têm novo prazo para fazer prova de vida com atualização do calendário

A prova de vida voltou a ser obrigatória no dia 1º de junho deste ano. Mas ontem, 5, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou um novo calendário com datas atualizadas para que os aposentados e pensionistas da autarquia realizem o procedimento. 

Aposentados têm novo prazo para fazer prova de vida com atualização do calendário
Aposentados têm novo prazo para fazer prova de vida com atualização do calendário. (Imagem: Reprodução Agência Brasil)

A prova de vida foi suspensa em meados de março de 2020, em virtude dos impactos da pandemia da Covid-19, pois o público-alvo do procedimento equivale ao principal grupo de risco da doença que tem causado tantas vítimas no último ano.

Não apenas a prova de vida foi suspensa, mas também uma série de procedimentos que levou a Previdência Social a fechar as portas das unidades de todo o Brasil por vários meses. 

Neste período, houve uma mobilização para promover todos os serviços no formato online, de maneira que as necessidades dos segurados fossem priorizadas junto à segurança da saúde.

Desde então, os canais remotos como o Meu INSS e a Central de Atendimento 135 passarão a ter um grande fluxo de atendimentos. 

Na ocasião, a autarquia também se empenhou na criação de uma nova alternativa para a realização da prova de vida através da biometria facial. Porém, a novidade não foi liberada para o público geral, e sim para poucos segurados selecionados e devidamente notificados pelo INSS. 

Embora a obrigatoriedade da prova de vida estivesse suspensa, se desejassem os aposentados e pensionistas tinham autonomia para se dirigirem às agências bancárias e realizarem o procedimento.

Lembrando que este é o modelo mais simples, basta realizar qualquer transação no Caixa Eletrônico com o cartão de recebimento do benefício, como um saque, depósito ou transferência. 

Mas aqueles que por alguma razão são incapazes de se locomover, podem optar pela prova de vida a domicílio desde que façam o agendamento para a visita de um servidor do INSS em casa através do portal Meu INSS ou pela Central de Atendimento 135.

Tanto o site quanto o aplicativo Meu INSS passaram por uma atualização recente, e agora possibilitam que a realização da prova de vida online pelo respectivo canal. 

Independentemente de qual modelo o segurado escolher, ele deve se lembrar sobre o retorno de tal obrigatoriedade e a consequência em não realizar a prova de vida, que resulta no corte do salário do respectivo benefício previdenciário.

De acordo com o novo calendário do INSS, os meses de janeiro a agosto de 2022 foram incluídos no cronograma para quem deve comprovar que permanece vivo entre o período de maio de 2021 a julho de 2022.

Enquanto isso, aqueles que realizaram a última prova de vida em maio e junho de 2021, têm até o dia 31 de julho para atualizar o procedimento e evitar o corte do benefício.

Novo calendário da prova de vida do INSS 

Mês original de vencimento da prova de vida Novo prazo para realização da prova de vida
Até Abril de 2020 Junho de 2021
Maio e Junho de 2020 Julho de 2021
Julho e Agosto de 2020 Agosto de 2021
Setembro e Outubro de 2020 Setembro de 2021
Novembro e Dezembro de 2020 Outubro de 2021
Janeiro e Fevereiro de 2021 Novembro de 2021
Março e Abril de 2021 Dezembro de 2021
Maio e Junho de 2021 Janeiro de 2022
Julho e Agosto de 2021 Fevereiro de 2022
Setembro e Outubro de 2021 Março de 2022
Novembro e Dezembro de 2021 Abril de 2022
Janeiro e Fevereiro de 2022 Maio de 2022
Março e Abril de 2022 Junho de 2022
Maio e Junho de 2022 Julho de 2022
Julho de 2022 Agosto de 2022

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.