Empréstimo consignado para beneficiários do Bolsa Família é novidade do governo

Governo federal anuncia mais uma mudança no Bolsa Família. Nessa semana, representantes do ministério da economia informaram que estarão concedendo uma linha de empréstimo consignado dentro do maior projeto social do país. O serviço financeiro descontará até 30% da mensalidade.

Empréstimo consignado para beneficiários do Bolsa Família é novidade do governo (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Empréstimo consignado para beneficiários do Bolsa Família é novidade do governo (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Atento as demandas de sua agenda social objetivando alavancar sua campanha eleitoral em 2022, o presidente Jair Bolsonaro acaba de anunciar novos serviços para o Bolsa Família.

Os segurados terão agora o direito de solicitar linhas de crédito consignado, mesmo sem ter uma comprovação de renda mínima, normalmente exigidas pelas instituições bancárias.

Como funcionará o consignado do Bolsa Família?

A ideia é que por meio do próprio Caixa Tem o cidadão consiga solicitar seu empréstimo. Ele poderá ter acesso a um valor que comprometa até 30% do salário repassado pelo Bolsa Família.

Atualmente, o projeto concede mensalidades entre R$ 89 e R$ 375, considerando a inclusão do auxílio emergencial. Há ainda casas em que o programa investe acima do teto informado, a depender da quantidade de familiares, crianças e adolescentes.

Valores do Bolsa Família 2021

  • Benefício Básico: Famílias em situação de extrema pobreza – R$ 89,00 mensais
  • Benefício Variável: Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 15 anos – R$ 41,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00
  • Benefício Variável Jovem: Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos – R$ 48,00 por mês e cada família pode acumular até dois benefícios, ou seja, R$ 96,00
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza: famílias em situação de extrema pobreza. Cada família pode receber um benefício por mês – o valor é calculado a partir da renda da família

Pagamento do empréstimo

Ao anunciar o consignado, o governo explicou ainda alguns detalhes importantes. No caso da exclusão pelo BF, o cidadão ainda será obrigado a quitar o valor do consignado, ficando sujeito a ter seu nome da divida ativa.

Isso implica dizer que a quitação do empréstimo passará a ser feita via os descontos salariais do BF, sendo agora negociada diretamente com a Caixa Econômica Federal.

O ministério da cidadania afirmou que a ação faz parte da pasta de reestruturação do programa, sendo anunciado em breve os critérios para a concessão do serviço bancário.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA