Como economizar no gasto de energia elétrica e evitar pagar mais na conta de luz?

Nesta terça-feira, 29, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), comunicou que a partir do mês de julho a conta de luz terá a incidência de um novo percentual na bandeira vermelha no patamar 2. O aumento na margem de 52%, que corresponde a R$ 9,49 será aplicado a cada 100 kWh consumidos.

Como economizar no gasto de energia elétrica e evitar pagar mais na conta de luz?
Como economizar no gasto de energia elétrica e evitar pagar mais na conta de luz? (Imagem: Eletron Energia)

O aumento na conta de luz é proveniente da atual crise hídrica que o país vem enfrentando após mais de 90 anos. Devido à escassez das chuvas, o nível dos reservatórios das hidrelétricas teve uma redução expressiva e preocupante.

Especialistas chegaram a mencionar o racionamento de energia, alternativa que ainda requer estudos. 

Enquanto isso, há outras medidas que podem ser adotadas pelos consumidores brasileiros para amenizar o impacto na conta de luz. A economia de energia pode ser aplicada em atitudes mínimas do dia a dia, mas que fazem toda a diferença. Veja alguns exemplos a seguir!

Dê preferência para a iluminação natural

Deixar luzes acesas em um cômodo não utilizado é um desperdício nítido, tanto de dinheiro quanto de eletricidade. Porém, esta questão vai muito além de adotar o hábito de apenas se lembrar de apagar as luzes. 

Estamos falando sobre priorizar a iluminação natural durante o dia. Isso pode ser feito com o uso de cortinas translúcidas, entrada de luz natural pelas portas e janelas, instalação de espelhos e clarabóias no teto, entre outras opções. 

Uso de lâmpadas de LED ou fluorescentes

As lâmpadas incandescentes são um modelo antigo que suga muito mais energia independentemente do consumo, e contribui significativamente para o aumento no valor da conta de luz. Por isso, recomenda-se que elas sejam trocadas por lâmpadas de LED ou fluorescentes. 

As opções mencionadas têm um custo inicial mais alto se comparado ao modelo antigo. No entanto, o custo benefício é nítido, tendo em vista o tempo de duração que é três vezes maior, além de consumir bem menos energia. 

Economia durante o banho 

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a economia de energia durante o banho vai muito além de reduzir o tempo gasto nesta atividade. Sabe-se que esta é uma das principais razões pelas quais ocorre um aumento notável na conta de luz, sobretudo no inverno. 

Por isso, além de, é claro, otimizar a duração do banho, a atitude de posicionar a chave do chuveiro no modo “verão”, é capaz de gerar uma economia de até 30%. 

Aparelhos eletrônicos fora da tomada

O hábito de deixar os aparelhos eletrônicos ligados na tomada, até mesmo pela praticidade de uso, é comum. No entanto, esta atitude pode ser vista com clareza no valor cobrado na conta de luz

Uma simples luzinha acesa, por mais insignificante que parece, já consiste em um gasto de energia elétrica. Portanto, a prática de retirar aparelhos que não têm o uso contínuo da tomada, é altamente recomendado. 

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.