Restituição do IRPF 2021: 2º lote cai na quarta-feira (30) para novo grupo

Pontos-chave
  • A Receita vai pagar mais um lote de restituições;
  • O pagamento será feito até setembro;
  • O cálculo é realizado de acordo com quanto de imposto foi pago pelo contribuinte.

A Receita Federal vai começar a pagar o segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) para os declarantes que possuem direito. Saiba aqui quem pode receber nessa nova rodada.

Restituição do IRPF 2021: 2º lote caí quarta-feira (30) para novo grupo
Restituição do IRPF 2021: 2º lote caí quarta-feira (30) para novo grupo (foto:FDR)

Como funciona a restituição do IRPF

A restituição é o valor que muitas pessoas podem receber após fazer a sua declaração do Imposto de Renda.

Para saber se terá direito ao valor, ao enviar o documento o sistema da Receita envia o alerta de que “há valor a ser restituído”. A partir daí, o contribuinte já sabe que será incluso em um dos lotes. 

Serão cinco lotes de restituição do IRPF que serão pagos mensalmente nos meses de maio, junho, julho, agosto e setembro. As datas serão as seguintes:

  • 1º lote: 31 de maio de 2021
  • 2º lote: em 30 de junho de 2021
  • 3º lote: em 30 de julho de 2021
  • 4º lote: em 31 de agosto de 2021
  • 5º lote: em 30 de setembro de 2021

Onde vou receber?

O dinheiro será depositada na conta que o beneficiário indicou para a Receita Federal quando enviou a declaração do Imposto de Renda.

Restituição do IRPF 2021: 2º lote caí quarta-feira (30) para novo grupo
Restituição do IRPF 2021: 2º lote caí quarta-feira (30) para novo grupo (Foto: FDR)

Como saber meu lote de restituição do IRPF 2021

Não há como saber qual lote você será restituído, mas vale lembrar que quanto mais cedo entregou a sua declaração, mais cedo a sua restituição será paga.

O primeiro lote leva em consideração os grupos prioritários como pessoas idosas ou com algum tipo de deficiência, doença ou condição séria.

Após isso, a ordem de entrega da declaração entra como critério para pagamento. Por isso, é importante fazer a sua declaração o quanto antes, assim sua restituição será paga o mais rápido.

Consultar da restituição do Imposto de Renda

A consulta só pode ser feita uma semana antes do pagamento do lote em questão. O portal  para verificar é o site da Receita Federal. 

Ao acessar, clique em “Meu Imposto de Renda”, depois em “Consultar restituição”, informe CPF, data de nascimento e o ano desejado. O portal vai mostrar se o contribuinte foi incluso nesse lote.

Como é feito o cálculo do Imposto de Renda?

Modelo simplificado

Para realizar o cálculo do Imposto de Renda devido na declaração simplificada,  a Receita consolida todos os rendimentos tributáveis recebidos pela pessoa ao longo do ano-calendário.

São levados em conta salários, aposentadorias e pensões da Previdência Social, ganhos de trabalhos como profissional autônomo, pensão alimentícia e rendimentos de aluguéis.

Em seguida, a Receita Federal aplica um desconto de 20% sobre os rendimentos tributáveis, limitado a R$ 16.754,34, e chega a um valor que é chamado de base de cálculo do imposto de renda.

Assim, é verificada a faixa de tributação a base de cálculo do IR do contribuinte se enquadra, e aplica a alíquota.

Então, o cálculo do imposto de renda no modelo simplificado é feito da seguinte maneira:

  • 1) Soma dos rendimentos tributáveis – desconto de 20% = base de cálculo
  • 2) Alíquota de IR é aplicada sobre esta base de cálculo = imposto devido
  • 3) Imposto devido – imposto já pago = imposto a pagar ou a restituir

Modelo Completo

O cálculo do imposto de renda devido no modelo completo é parecido, mas neste caso os descontos com deduções não são fixos em 20%, e podem passar de R$ 16.754,34.

Assim, a Receita Federal soma todos os rendimentos tributáveis do contribuinte e subtrai as despesas dedutíveis que ele mesmo informou na sua declaração.

O resultado é a base de cálculo do imposto de renda, sobre a qual é aplicada a alíquota conforme a tabela progressiva apresentada anteriormente.

Da seguinte maneira:

  • 1) Soma dos rendimentos tributáveis – soma das deduções = base de cálculo
  • 2) Alíquota de IR é aplicada sobre esta base de cálculo = imposto devido
  • 3) Imposto devido – imposto já pago = imposto a pagar ou a restituir

Valor da restituição do IRPF

A quantia depende do que foi declarado no documento. A restituição nada mais é do que um troco que a Receita Federal devolve ao contribuinte, quando percebe que ele pagou mais impostos do que deveria.

Mas porque você pagou mais impostos? É que na verdade, quando somado o valor não são calculada as parcelas dedutíveis. Quando o sistema encontra que você incluiu as deduções com educação, saúde, doações e etc., ele te dá um desconto no pagamento e devolve esse valor.

Por isso, para saber uma média de valor é preciso considerar o total de rendimentos, as alíquotas aplicadas, os dependentes informados e as deduções.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA