Calendário do IPVA do Paraná faz cobranças até sexta-feira (25)

No Paraná, o pagamento da 5ª parcela do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) 2021 começou nesta semana. Esta é a última parcela do tributo e o calendário de pagamentos foi organizado de acordo com o dígito final da placa dos veículos, seguindo até esta sexta, 25.

Calendário do IPVA do Paraná faz cobranças até sexta-feira (25)
Calendário do IPVA do Paraná faz cobranças até sexta-feira (25) (Imagem FDR)

O pagamento do IPVA é obrigatório para que o motorista possa emitir o certificado de licenciamento do veículo através do Detran-PR (Departamento Estadual de Trânsito do Paraná).

Os motoristas do Paraná foram beneficiados com uma folga no pagamento do tributo em março. Isso aconteceu em decorrência do aumento de casos de covid-19 fazendo com que a Secretaria da Fazenda adiasse em um mês o vencimento das parcelas.

Sendo assim, as três parcelas que restavam tiveram seus prazos adiados em um mês: a 3ª, que deveria ter sido paga em março, teve seu prazo adiado para abril, e assim por diante até a 5ª e última parcela, em junho.

Calendário IPVA 2021

Final da placa 3ª parcela 4ª parcela 5ª parcela
1 e 2 22/04/2021 18/05/2021 21/06/2021
3 e 4 23/04/2021 19/05/2021 22/06/2021
5 e 6 26/04/2021 20/05/2021 23/06/2021
7 e 8 27/04/2021 21/05/2021 24/06/2021
9 e 0 28/04/2021 24/05/2021 25/06/2021

Como pagar o tributo 

Este ano os contribuintes pararam de receber os boletos de pagamento do IPVA em casa. Por conta disso, eles tiveram que emitir as guias de pagamento através do portal da Secretaria da Fazenda.

Para emitir os boletos, o contribuinte deve ter em mãos o número do Renavam, que pode ser conferido no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos). Emitindo o boleto é possível pagá-lo através dos apps dos bancos.

Utilizando o Renavam também é possível que o contribuinte pague o IPVA os caixas ou canais de atendimento de sete bancos credenciados: Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Bancoop.

Finalidade do IPVA

20% do valor arrecadado pelo tributo é remetido para o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). E o restante é dividido em 50% para o estado, e a outra parte fica para o município de registro do veículo.

A quota-parte estadual compõe o orçamento do ano e, sendo assim, é direcionada para as várias áreas de atuação do estado, como a saúde, educação, segurança pública e infraestrutura.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.