Lista de revisões do INSS que podem aumentar seu salário e aposentadoria

Pontos-chave
  • Os aposentados e pensionistas do INSS que recebem benefício há menos de dez anos têm direito a pedir uma revisão;
  • As revisões do INSS podem ser solicitadas caso haja algum erro que possa ser corrigido;
  • Para saber se o aposentado tem direito as revisões do INSS é preciso verificar se todos os vínculos e salários estão corretos.

Os aposentados e pensionistas do INSS que recebem benefício há menos de dez anos têm direito a pedir uma revisão. As revisões do INSS podem ser solicitadas caso haja algum erro que possa ser corrigido. Com a ação judicial é possível ter o pagamento ampliado, caso tenha direito.

Lista de revisões do INSS que podem aumentar seu salário e aposentadoria
Lista de revisões do INSS que podem aumentar seu salário e aposentadoria (Imagem: Andrea Piacquadio/Pexels)

Para saber se o aposentado tem direito as revisões do INSS é preciso verificar se todos os vínculos e salários estão corretos. Para isso, basta analisar a carta de concessão do benefício e a memória de cálculo. Além disso, é necessário ficar atento às mudanças na legislação, como a Reforma da Previdência.

Antes de fazer um dos pedidos de revisões do INSS os advogados aconselham verificar os documentos e fazer os cálculos. Isso porque a nova análise pode gerar um aumento ou redução no pagamento.

Simule o cálculo e descontos da sua contribuição ao INSS, por aqui! 

Além disso, a advogada Priscila Arraes Reino, do escritório Arraes e Centeno, afirma que “Às vezes, o aposentado vem atrás da revisão da vida toda e não tem direito, mas tem direito a outra que o beneficia”. Por esse motivo, a dica é buscar um profissional para orientar nos processos de revisões do INSS.

As revisões do INSS podem ser solicitadas no Instituto ou na Justiça durante a primeira década após o primeiro pagamento do benefício. As diferenças identificadas após a revisão devem ser pagas em até cinco anos.

5 revisões do INSS

Revisão do artigo 29

Entre os anos de 2002 e 2009, o Instituto Nacional do Seguro Social calculou a média salarial do auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e pensão por morte sem descartar os salários menores.

Lista de revisões do INSS que podem aumentar seu salário e aposentadoria
Lista de revisões do INSS que podem aumentar seu salário e aposentadoria (Imagem: Suprevida))

Porém, o órgão deveria ter obedecido a Lei 9.876 que determina que a média salarial seja definida com base nos 80% maiores salários de contribuição. O Instituto reconheceu o erro após ser alvo de uma ação civil pública do Ministério Público Federal e do Sindnapi (sindicato dos aposentados).

Com isso, vem pagando os atrasados todos os anos até 2022. Diante disso, tem direito a esse tipo de revisão os segurados que recebem benefícios por incapacidade e pensões por morte concedidos entre 17/04/2002 e 19/08/2009. Porém, o pedido só é válido se não houve o descarte dos 20% menores salários.

Inclusão de tempo especial

Os trabalhadores que exerceram atividade prejudicial a têm direito à aposentadoria especial. Porém, se esse período não abrangeu toda a vida profissional é possível usar como bônus e converter em tempo comum.

Com isso, a cada ano especial convertido em comum tem acréscimo de 20% (mulher) e 40% (homem). Para comprovar basta apresentar o PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário). Essa revisão é válida para quem trabalhou em atividade insalubre até 13 de novembro de 2019.

Revisão para incluir ação trabalhista

O aposentado que ganhou ação trabalhista comprovando possuir vínculos de trabalho que não foram registrados deve solicitar a revisão. O mesmo se aplica em caso de contribuições que não foram contabilizadas para a aposentadoria.

Revisão para quem teve dois empregos na mesma época

Os trabalhadores que exerceram atividades em dois empregos no mesmo período e não tem o benefício limitado ao teto podem ter direito a essa revisão. Desde 18 de junho de 2019 as aposentadorias por tempo de contribuição são calculadas com a soma dos salários de contribuição de todas as atividades.

Revisão de erro de cálculo

As empresas e o INSS podem cometer erros e, com isso, afetar o cálculo da aposentadoria. Os erros mais comuns são: valor do salário errado, usar apenas um número do PIS ou NIT, não contar todas as contribuições, não incluir o tempo de trabalho rural e não converter o tempo especial em comum com bônus.

Documentos para solicitar as revisões do INSS

  • Documentos pessoais como RG e CPF;
  • Cópias de recibos que provem salários maiores;
  • Cópia do PPP, para quem vai pedir tempo especial;
  • Cópia do holerite para provar que o salário era maior do que o considerado na conta do INSS;
  • Cópia de ação trabalhista em que o segurado saiu vitorioso, com assinatura do funcionário do cartório;
  • Carta de concessão do benefício;
  • Cnis (Cadastro Nacional de Informações Sociais).

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Lista de revisões do INSS que podem aumentar seu salário e aposentadoria

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA