Comércio de BH comemora flexibilização exclusiva no Dia dos Namorados

Na quarta-feira (9), o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), divulgou em entrevista coletiva um horário especial de funcionamento de bares e restaurantes para este sábado (12). Na ocasião, o Brasil todo comemora o Dia dos Namorados. 

Comércio de BH comemora flexibilização exclusiva no Dia dos Namorados
Comércio de BH comemora flexibilização exclusiva no Dia dos Namorados (Imagem: Reprodução/Diário do Comércio)

Bares e restaurantes irão funcionar até 1h da manhã

“Vamos fazer uma homenagem no Dia dos Namorados. No sábado, somente, até 1h da manhã”, disse o prefeito.

A partir de domingo, a administração municipal expandiu o horário de funcionamento de bares e restaurantes para até às 22h, diariamente.

“Temos que lembrar que temos a cidade aberta, todo comércio aberto hoje. Bares, restaurantes, shoppings, todos os serviços. Temos uma notícia a respeito de bares e restaurantes. O comércio está aberto, vamos falar do que está com restrição. A partir deste fim de semana, estamos ampliando das 19h para até às 22h, diariamente, o funcionamento dos bares e restaurantes”, apontou Kalil.

As empresas possuem hoje a autorização para abrir seus salões de segunda a sábado, de 11h às 19h. Fora desse horário, seu funcionamento é somente por delivery ou retirada. 

O Comitê de Enfrentamento à COVID-19 de Belo Horizonte se reuniu a fim de deliberar sobre o avanço ou recuo no processo de retomada das atividades econômicas na capital, incluindo o funcionamento de bares e restaurantes.

O Executivo municipal analisou a proposta da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (Abrasel-MG) de ampliar o expediente dos estabelecimentos do setor para o período das 11h às 22h a partir de sábado (12), Dia dos Namorados.

Ocupação de leitos em BH na pandemia

Nesta terça (8) a ocupação dos leitos de UTI para pacientes com COVID-19 voltou a aumentar em Belo Horizonte. O indicador subiu de 75,7% para 76,6%, portanto permanece, pelo 102º dia consecutivo, na zona crítica da escala de risco.

Belo Horizonte alcançou a marca de 215.897 casos confirmados de COVID-19 nesta terça (8). São levados em consideração no balanço 5.243 mortos, 7.378 pacientes em acompanhamento e 203.276 recuperados.

O número de vidas perdidas subiu pelo terceiro balanço em sequência na casa dos 30. São 31 vidas perdidas a mais que no levantamento divulgado nesta segunda (7).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.