Vacinação da Covid-19: No Rio, todos acima dos 50 anos serão imunizados até 19/06

A Prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) decidiu ampliar o calendário de vacinação da Covid-19. A partir da próxima segunda-feira, 14, o público geral poderá ser imunizado, a começar pelas pessoas com 53 anos de idade. 

Vacinação da Covid-19: No Rio, todos acima dos 50 anos serão imunizados até 19/06
Vacinação da Covid-19: No Rio, todos acima dos 50 anos serão imunizados até 19/06. (Imagem: REUTERS/Tingshu) Wang

O cronograma de vacinação da Covid-19 na capital carioca seguirá gradativamente, contemplando por etapas cada faixa etária.

Com base neste critério, adultos com idade igual ou superior a 50 anos devem ser imunizados até o próximo sábado, 19. 

É preciso informar que o funcionamento dos pontos de vacinação do Rio de Janeiro foi organizado para atender os adultos em dois grupos e turnos. Ou seja, enquanto as mulheres serão vacinadas na parte da manhã, entre 08h e 13h, os homens serão vacinados à tarde, entre 13h e 17h. 

Na oportunidade, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, ressaltou que a administração municipal tem se esforçado para promover agilidade no calendário local de vacinação da Covid-19 sempre que possível.

“Semana que vem vamos vacinar todo mundo até 50 anos de idade! Inclusive eu na quinta-feira. Preparem seus braços que a agulha vai entrar!”, declarou o prefeito em uma das redes sociais dele. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Vale ressaltar que na última semana a prefeitura do Rio de Janeiro já havia antecipado o calendário de vacinação da Covid-19. Por esta razão, os adultos com 57 anos de idade ou menos ficam autorizados a receber a primeira dose da vacina da Covid-19. 

O esquema vacinal segue em ordem decrescente no decorrer desta semana. Enquanto isso, o próximo sábado, 12, foi reservado para a repescagem de quem não conseguiu se dirigir aos pontos de vacinação nos últimos dias para se vacinar. 

A procura dos cariocas pela vacinação é de extrema importância, tendo em vista que a capital segue com alto risco de contaminação por Covid-19 em todas as regiões. O cenário crítico foi confirmado pela prefeitura do Rio de Janeiro na manhã da última sexta-feira, 4. 

Neste sentido, o município segue obrigado a manter as medidas restritivas visando combater a proliferação do vírus. Desta forma, os seguintes serviços permanecem proibidos:

  • Boates;
  • Danceterias;
  • Eventos com venda de ingressos em áreas públicas e particulares;
  • Entrada de ônibus e demais veículos de fretamento que não prestem serviço para funcionários de empresas ou hotéis.

Por outro lado, o prefeito Eduardo Paes, destacou que a taxa de letalidade no município teve uma queda que deve ser apreciada. Isso porque, até pouco tempo atrás esta taxa era superior à de São Paulo, por exemplo, que também enfrenta um estado preocupante.

Ele ainda disse que a rede de saúde pública tem se mobilizado para melhorar e otimizar os atendimentos cada vez mais, o que tem possibilitado que mais vidas sejam salvas diariamente.

Em complemento ele aproveitou para pedir a colaboração da população, sobretudo aquela que deseja escolher qual vacina da Covid-19 tomar. 

Todas as vacinas funcionam e funcionam bem. Importante tomar as duas doses. Claro que a primeira já dá um efeito, mas a segunda é que consolida. Tem caso de atestado médico pedindo vacina específica, isso não vai acontecer. Tem gente esperando vacina, vamos parar com essa conversa. É importante que acreditem em todas as vacinas”, afirmou.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.