Amazonas cria auxílio de R$ 600 para profissionais de educação física

O Estado do Amazonas criou recentemente um auxílio emergencial destinado aos profissionais do setor de educação física. As três parcelas no valor de R$ 600 serão pagas aos beneficiários devidamente inscritos no programa. 

Amazonas cria auxílio de R$ 600 para profissionais de educação física
Amazonas cria auxílio de R$ 600 para profissionais de educação física. (Imagem: FDR)

Os cadastros foram liberados no dia 24 de maio. No entanto, é preciso que os profissionais de educação física se enquadrem em alguns requisitos para terem direito ao auxílio emergencial. São eles:

  • Residir no Amazonas; 
  • Apresentar uma renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo, ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos;
  • Não receber nenhum outro tipo de auxílio emergencial, benefício previdenciário, seguro desemprego ou beneficiário de programa de transferência de renda, com exceção do Bolsa Família;
  • Não ter vínculo empregatício formal ativo, embora devam estar devidamente registrados no Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8/AM-AC-RO-RR);
  • Ter atuado na área durante os 24 meses anteriores à vigência da Lei nº 5.444, de 27 de abril de 2021.

O auxílio emergencial tem como principal objetivo amparar os profissionais da área de educação física, especialmente através da redução dos impactos sociais e econômicos provenientes da pandemia da Covid-19.

Porém, esses profissionais devem apresentar documentos capazes de comprovar a inclusão nos critérios básicos.

Na oportunidade, o presidente do CREF8, Jean Carlo Azevedo da Silva, declarou que o auxílio emergencial para os profissionais de educação física é de extrema importância.

Tendo em vista que se trata de uma categoria amplamente afetada pelos estágios mais acentuados da pandemia da Covid-19.Considerando o fechamento das academias de ginástica e demais espaços esportivos. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

O presidente do CREF8, ainda ressaltou que o auxílio emergencial do Amazonas terá capacidade de beneficiar cerca de 2,5 mil profissionais de educação física. Sendo assim, as três parcelas no valor de R$ 200 cada, serão pagas após intensos pedidos feitos pela classe em questão. 

Vale ressaltar que 2021 consiste em um ano olímpico, época em que os atletas costumam e precisam treinar frequentemente e arduamente para se prepararem. No entanto, todas as nuances da pandemia da Covid-19 têm atrapalhado essa rotina de alguma forma. 

Ainda não há uma previsão para que o auxílio emergencial comece a ser pago. Contudo, se sabe que o programa será financiado por diferentes órgãos, como a Fundação Amazonas de Alto rendimento no caso dos profissionais de educação física. 

“Assim que forem aprovadas a gente já começa o trâmite burocrático para que esse benefício possa chegar nessas pessoas desses segmentos que estão sendo muito prejudicados nesse momento de Covid”, disse o governador do Amazonas, Wilson Lima, ao acrescentar que os profissionais do turismo também terão direito ao benefício. 

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.