Saque emergencial do FGTS não sai e medida fica travada no governo

Pontos-chave
  • Os trabalhadores esperam que o governo disponibilize por mais um ano o saque emergencial do FGTS;
  • Porém, a liberação do recurso pode comprometer a sustentabilidade do Fundo de Garantia;
  • Por esse motivo, a medida está travada e sem data para ser lançada;

Os trabalhadores esperam que o governo disponibilize por mais um ano o saque emergencial do FGTS. Porém, a liberação do recurso pode comprometer a sustentabilidade do Fundo de Garantia. Por esse motivo, a medida está travada e sem data para ser lançada.

Saque emergencial do FGTS não saí e medida fica travada no governo
Saque emergencial do FGTS não saí e medida fica travada no governo (Imagem: montagem/FDR)

O saque emergencial do FGTS foi criado no ano passado, com o intuito de ajudar os trabalhadores brasileiros a enfrentar a crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19. Com isso, cada trabalhador pode sacar até um salário mínimo da conta do fundo.

O saque podia ser das contas ativas ou inativas, desde que houvesse saldo. A modalidade não era obrigatória, mas era disponibilizada a todos os trabalhadores, sem a necessidade de solicitação dos mesmos.

O pagamento do saque emergencial do FGTS chegou ao fim no dia 31 de dezembro de 2020. Dessa maneira, se tratou de um saque de caráter extraordinário permitido pelo estado de calamidade pública.

Os saques foram feitos de forma escalonada, conforme o mês de nascimento dos trabalhados, assim como ocorre o saque aniversário do FGTS. O calendário de pagamentos iniciou no dia 29 de junho para os nascidos em janeiro e chegou ao no dia 21 de setembro para os aniversariantes do mês de dezembro.

Aqueles que não quiseram movimentar o valor podiam solicitar o desfazimento e tiveram o valor retornado para a conta do Fundo com suas devidas correções. Os trabalhadores que não sacaram o saldo disponibilizado também tiveram o valor corrigido retornado a conta do Fundo de Garantia.

O intuito do governo foi disponibilizar condições financeiras aos trabalhadores, mesmo diante da pandemia. Dessa maneira, cabia ao cidadão usar ou não o valor, mas a disponibilização do valor já estava certa.

Saque emergencial do FGTS 2021

O Brasil está enfrentando a segunda onda da Covid-19, sendo mais problemática do que no ano passado. Com isso, está sendo necessário adotar medidas restritivas mais severas.

Diante disso, o Governo Federal está trazendo diversas medidas para ajudar a população e a economia do país.

Saque emergencial do FGTS não saí e medida fica travada no governo
Saque emergencial do FGTS não saí e medida fica travada no governo (Foto: Luis Lima Jr /Fotoarena/Folhapress)

Além disso, estão sendo revitalizados programas pagos no ano passado, devido a situação de calamidade pública e que chegou ao fim no fim de 2020. Exemplos desses programas que retornaram neste ano foram: o auxílio emergencial e a antecipação do 13º do INSS.

O Governo também pretende retornar com o Programa de redução de jornada e salário. Esse está sendo estudado, após solicitação dos empresários, alegando a possibilidade de haver demissão em massa, por causa da crise.

Diante disso, os trabalhadores esperam que o saque emergencial do FGTS também seja liberado. O Ministro da Economia, Paulo Guedes, já afirmou que o país possui um pacote de medidas para a contenção da pandemia. Entre as medidas a possibilidade é que houvesse uma nova liberação do saque.

Segundo os técnicos da equipe econômica do governo uma nova liberação do saldo do Fundo de Garantia não afetaria as reservas. Porém, mesmo falando sobre o pacote de medidas, o governo não mencionou o saque emergencial.

Os trabalhadores aguardavam a liberação do saque ainda este mês ou no mês que vem. Os congressistas apoiam o pagamento de uma nova rodada do saque emergencial do FGTS. Porém, os Conselheiros do Fundo de Garantia se posicionaram contra a liberação.

Segundo eles, a medida pode comprometer a sustentabilidade do fundo. Além disso, usaram como argumento que a conta já possui limitações, devido à disponibilização do saque no ano passado e a redução de depósitos.

É importante lembrar que os recursos do FGTS são usados para financiamentos habitacionais e obras de saneamento e infraestrutura. Dessa maneira, a retirada de mais um saque de valor tão alto pode acabar com o fundo.

Mesmo tendo afirmado anteriormente que seria possível pagar uma nova rodada do saque sem prejudicar o fundo, membros da equipe econômica afirmaram que, neste momento, é melhor aguardar a recuperação das contas para depois utilizar o recursos.

Além disso, avaliaram que a economia está se recuperando em um bom ritmo, mesmo com a pandemia. Também destacaram que não era essa a expectativa, sendo muito positiva e que deve contribuir para retomada do crescimento do país.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Saque emergencial do FGTS não sai e medida fica travada no governo

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA