Prefeitura de Belém distribui cartão de vale alimentação nas periferias

De acordo com a Prefeitura de Belém quase mil cartão de vale alimentação foram distribuídas nas periferias. O programa visa contemplar as mulheres de baixa renda que estão passando por maiores dificuldades devido a pandemia de Covid.

Prefeitura de Belém distribui cartão de vale alimentação nas periferias
Prefeitura de Belém distribui cartão de vale alimentação nas periferias (Imagem: Instituto Viver Periferia)

Foram entregues 900 unidades de cartão de vale alimentação para famílias em situação de vulnerabilidade social no município de Belém. A ação aconteceu na última terça-feira (25), e teve como responsável pela iniciativa a Central Única das Favelas (Cufa) e uma rede de supermercados.

O cartão de vale alimentação possui um crédito de R$ 100. Esse valor é para contribuir com a compra de alimentos que as famílias carentes de Belém precisam para sobreviver. É importante saber que a cesta básica no município chega a R$ 500.

De acordo com uma análise feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) no mês de fevereiro, a capital do Pará é uma das cidades com a cesta básica mais cara do país.

Dessa maneira, a iniciativa da Cufa tem como intuito ajudar essas famílias no fornecimento da alimentação necessária para o desenvolvimento físico e mental. A entrega dos cartões iniciou no distrito de Icoaraci, no Estádio Abelardo Conduru.

Ao longo deste ano outras entregas serão feitas, porém, em outros bairros. A Cufa também pretende ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social em outras cidades. O valor disponibilizado no cartão poderá ser sacado em qualquer lotérica.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

O valor também pode ser usado para a compra de outros itens voltados para a manutenção da casa, como produtos de higiene pessoal e de limpeza. Porém, como o valor é sacado pelo morador este pode usufruir da forma que preferir.

Durante as entregas dos cartões é realizado um mini curso voltado para o combate à violência doméstica de mulheres e a violência sexual contra jovens e crianças. O curso é ministrado pela coordenadora geral da Cufa, Leila Palheta.

A Cufa Pará está presente no Estado desde fevereiro do ano passado. Sua função prioritária é atender as mulheres em situação de pobreza. Com isso, visa ajudar essas chefes de famílias a enfrentar a crise gerada pela pandemia. As ações da Central contam com a parceria do Instituto Viver Periferia.

Glaúcia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.