Prouni ou FIES: Qual melhor programa do governo para graduação privada?

Programas foram criados anos atrás para tratar da inserção de estudantes em instituições particulares. Ao fazer o Exame Nacional do Ensino Médio, os estudantes podem escolher usar a nota no Prouni ou FIES e ingressar na rede privada.

Prouni ou FIES: Qual melhor programa do governo para graduação privada?
Prouni ou FIES: Qual melhor programa do governo para graduação privada? (Imagem/Reprodução: Stoodi)

O Exame Nacional do Ensino Médio é hoje uma importante ferramenta para a inserção dos estudantes brasileiros no ensino superior.

É possível escolher entre o SiSU, Prouni ou FIES, mas é sobre esses dois últimos agora que vamos falar.

Prouni ou FIES, qual escolher?

Diferente do Sistema de Seleção Unificada, que dispõe de vagas em universidades públicas, com o Programa Universidade Para Todos e o Fundo de Financiamento Estudantil é possível conseguir ingressar em instituições particulares.

Com o Prouni é possível conseguir bolsas de estudos, que são de 50% ou 100%. Quando o estudante é contemplado com meia bolsa, 50%, ele paga o restante do valor durante o curso, ou seja, conclui sua graduação sem dívidas.

Com o FIES, como o próprio nome já diz, o estudante faz um financiamento estudantil. Isso quer dizer que ele só paga pelo curso após a sua conclusão, ou seja, ele sai da graduação com uma dívida estudantil.

É possível conseguir taxa zero de juros e até mesmo não usar fiador, a depender da faixa em que o estudante se enquadre.

Outra grande diferença dos dois programas é que pessoas que já possuem nível superior não podem participar do Prouni, mas pode se inscrever no FIES.

Além disso, no Fundo de Financiamento Estudantil é possível usar a nota do Enem a partir de 2010.

Já no Programa Universidade Para Todos apenas quem fez a última edição do exame pode participar, exceto em casos excepcionais, como aconteceu em 2020, por conta da pandemia.

De modo geral, o Prouni acaba sendo a melhor opção na maioria das situações.

Prouni e FIES do segundo semestre

Confira abaixo os calendários dos processos seletivos 2021.2 dos dois programas.

Prouni

  • Inscrições: 13 a 16 de julho
  • 1ª chamada: 20 de julho
  • Comprovação das informações: 20 a 28 de julho
  • 2ª chamada: 3 de agosto
  • Comprovação das informações: 3 a 11 de agosto
  • Inscrição na lista de espera: 17 e 18 de agosto
  • Divulgação da lista de espera para as instituições de ensino:20 de agosto
  • Comprovação das informações:23 a 27 de agosto

FIES

  • Inscrições: de 27 a 30 de julho
  • Divulgação da lista de candidatos pré-selecionados: 3 de agosto
  • Período para completarão de informações:4 a 6 de agosto
  • Convocação da lista de espera: 4 a 31 de agosto
  • Vagas remanescentes para candidatos matriculados e não matriculados: 8 a 10 de setembro;
  • Vagas remanescentes para candidatos matriculados: de 27 a 29 de outubro.

Fique bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA