IPTU de Boa Vista programa 1º vencimento para junho; confira calendário

Em Boa Vista, a primeira parcela do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), da Contribuição Para Iluminação Pública de Terrenos não edificados (CIP) e da Taxa de Coleta de Lixo (TC) vence no próximo dia 10 de junho. A informação já consta no Diário Oficial do Município.

IPTU de Boa Vista programa 1º vencimento para junho; confira calendário
IPTU de Boa Vista programa 1º vencimento para junho; confira calendário (Imagem FDR)

O pagamento do IPTU e da CIP podem ser efetuados em até seis vezes, com a última para o dia 12 de novembro. Já a taxa de coleta de lixo, pode ser quitada em até quatro prestações, com a última para 10 de setembro.

Caso o contribuinte não pague a taxa, ele fica inadimplente e pode ter o débito inscrito na dívida ativa. Com isso, o cidadão fica sujeito a execução fiscal e protesto judicial.

Os contribuintes que precisarem renegociar seus débitos devem se dirigir a Secretaria de Finanças do município para buscar um parcelamento.

Calendário de pagamento do IPTU, taxa de iluminação pública e coleta de lixo

Parcelas IPTU/CIP Taxa de coleta de lixo
10/06 10/06
12/07 12/07
10/08 10/08
10/09 10/09
13/10
12/11

A prefeitura de Boa Vista tenta, segundo o Secretário de Economia, Planejamento e Finanças, Márcio Vinícius, aprovar um projeto na Câmara de Boa Vista que concede um abatimento de até 20% no pagamento desses tributos aos contribuintes.

“Nós enviamos um projeto para a Câmara concedendo um desconto de 20% para aqueles que pagam em cota única e 10% para aqueles que pagam em cota parcelada em até 6 parcelas sem juros. Mas, infelizmente, até o momento a Câmara não votou esse projeto, impossibilitando que os carnês com esse desconto sejam gerados”, disse o Márcio.

A Câmara de Boa Vista disse em nota que recebeu o projeto no dia 12 do mês passado e que a leitura em plenário aconteceu já no dia 14. Segundo o comunicado, nenhum vereador foi contra o projeto e que a Câmara sempre estará alinhada e ligada nas necessidades da população.

A partir daí foi dado prosseguimento conforme prevê o regimento interno da casa e hoje encontra-se em análise na comissão de constituição e justiça (CCJ). “Portanto, dentro dos prazos legais para análise e apreciação”, disse a nota assinada pelo presidente da Casa, Genilson Costa (SD).

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.