Em coletiva, Governo de Pernambuco fala sobre restrições no comércio

Devido à gravidade nos casos de Covid-19 no Estado, o Governo de Pernambuco decidiu manter as restrições no comércio e demais atividades sociais. As medidas adotadas no mês de março ainda devem prevalecer nas próximas semanas. 

Em coletiva, Governo de Pernambuco fala sobre restrições no comércio
Em coletiva, Governo de Pernambuco fala sobre restrições no comércio. (Imagem: Douglas Fagner/SEI)

A decisão da unidade federativa vai em contraponto às medidas tomadas por outros Estados brasileiros que decidiram “afrouxar” as restrições pelos próximos dias. A decisão foi tomada em virtude do Dia das Mães, com o objetivo de aquecer o comércio local em uma das datas mais movimentadas do ano.

Sendo assim, as restrições que antes seguiriam firmes até o dia 9 de maio, próximo domingo, foram prorrogadas para o dia 23 deste mês. Até lá, os comércios funcionam em horário diferenciado, além de festas e eventos sociais e esportivos continuam proibidos.

O comunicado foi feito durante uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta quinta-feira, 6. Na ocasião, o secretário estadual de Saúde, André Longo, foi questionado sobre as recomendações do Conselho Estadual de Saúde (CES-PE), quanto à suspensão das aulas presenciais e lockdown por 21 dias. 

As orientações do Conselho foram dadas após a taxa de ocupações dos leitos destinados a casos de Covid-19 atingirem 97%. Foi então que o secretário optou por respeitar as orientações e assegurar a saúde dos pernambucanos. 

“O Conselho tem autonomia, mas a decisão é da autoridade sanitária. É possível que se atenda essa recomendação em relação a medidas pontuais de quarentena. Mas diante da avaliação que o Comitê de Enfrentamento faz, que recebe recomendações de vários pesquisadores, instituições e epidemiologistas, cabe ao Comitê fazer essa avaliação”, disse o secretário.

O representante da pasta estadual da Saúde ainda informou que o Estado tem trabalhado no sentido de disponibilizar mais leitos para a Covid-19, além de agilizar a chegada de novas doses de vacinas contra a doença.

Segundo André Longo, em todo o Estado de Pernambuco já foi registrada a internação de 1.600 pacientes com problemas respiratórios em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). Se comparado ao cenário das duas últimas semanas, houve um acréscimo de 76 pedidos para a UTI e 65 para as enfermarias. 

No que compete às aulas presenciais, o secretário afirmou que estas estão sendo promovidas de acordo com as devidas medidas de segurança sanitária em todas as escolas estaduais. No entanto, também declarou que embora o procedimento esteja em conformidade com as normas estabelecidas, não se trata de uma prioridade para o Governo Estadual neste momento. 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA