Suspenso! Pagamento do FIES em 2021 foi pausado por ordem do Senado

Pontos-chave
  • O Senado Federal aprovou a suspensão do pagamento das parcelas do FIES neste ano;
  • O intuito é que os jovens possam permanecer nas universidades, mesmo com a crise gerada pela pandemia;
  • Com a nova decisão, a suspensão será válida até o fim deste ano;

O Senado Federal aprovou a suspensão do pagamento das parcelas do FIES neste ano. A decisão foi aprovada na última quarta-feira (5). O intuito é que os jovens possam permanecer nas universidades, mesmo com a crise gerada pela pandemia.

Aprovado! Pagamento do FIES em 2021 está suspenso pelo Senado
Aprovado! Pagamento do FIES em 2021 está suspenso pelo Senado (Imagem: Montagem/FDR)

Essa não é a primeira vez que o pagamento do Financiamento Estudantil é adiado, devido à situação de calamidade pública, provocada pela pandemia. No ano passado, o decreto vigorou até o dia 31 de dezembro.

Com a nova decisão, a suspensão será válida até o fim deste ano. O autor do projeto é o senador Jayme Campos (Democratas-MT). Em justificativa, Campos afirma que “a proteção da educação formal é uma forma de garantir a qualificação profissional dos cidadãos e promover o desenvolvimento do país”.

Por esse motivo, segundo o senador, é fundamental garantir a permanência dos estudantes para oferecer a oportunidade de uma formação profissional. Atualmente, 3 milhões de estudantes dependem do FIES.

FIES

O programa de financiamento estudantil é realizado pelo Ministério da Educação (MEC) e existe desde 1999. Com o FIES os estudantes podem concorrer ao financiamento de cursos de ensino superior em universidades privadas. O programa possui duas modalidades:

  • FIES: com juros zero para famílias com renda mensal familiar de um a três salários mínimos;
  • P-Fies: juros variáveis, voltado para famílias com renda mensal mais alta.

Essa última modalidade foi incluída em 2008. Com ela é possível realizar financiamentos com bancos privados. A modalidade tradicional só faz acordo com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. Dessa maneira, amplia a possibilidade de chances de conseguir uma vaga.

Aprovado! Pagamento do FIES em 2021 está suspenso pelo Senado
Aprovado! Pagamento do FIES em 2021 está suspenso pelo Senado (Imagem: Montagem/FDR)

O objetivo é oferecer mais oportunidade de vagas nas universidades particulares aos estudantes brasileiros. O valor a ser pago é combinado a partir de um contrato pré-estabelecido com condições especiais.

A proposta é que o pagamento do financiamento inicie após a conclusão do curso e ingresso no mercado de trabalho. Durante o curso o estudante só precisa pagar as taxas bancárias e as taxas referentes ao seguro de vida. As mensalidades não podem ultrapassar de 10% da renda familiar.

Os valores das parcelas de coparticipação, assim como as taxas e pagamento posterior, dependem do contrato realizado entre o estudante e o banco. Você pode realizar uma simulação no Portal do MEC – FIES.

Caso ocorra demora ou dificuldade para o ingresso no mercado de trabalho o programa garante que as mensalidades sejam reduzidas, até que seja adquirida uma renda fixa. O mesmo ocorre caso tenha perdido o emprego.

Requisitos do FIES

  • Ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010;
  • Ter atingido, no mínimo, 450 pontos na média das provas objetivas e 400 pontos na redação (os candidatos que desejarem pedir transferência de faculdade precisam ter obtido a nota de corte do curso que pretende estudar);
  • Ter renda familiar mensal por pessoa de até três salários mínimos (R$ 3.300) ou ter renda máxima por membro da família de três salários mínimos;
  • Para o P-Fies, ter renda familiar de até cinco salários mínimos ou per capita de 3 a 5 salários mínimos.

Processo seletivo do FIES

A classificação do Fies 2021 é feita de forma automática usando como critério a nota do Enem. Porém se houver empate, o sistema irá considerar a maior nota das provas, na determinada ordem:

  • Redação;
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Universidades participantes do FIES 2021

  • Faculdade Barão do Rio Branco – AC
  • Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – AL
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – AM
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – AP
  • Centro Universitário Jorge Amado – BA
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – CE
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – DF
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – ES
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – GO
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – MA
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – MG
  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) – MS

Faculdades que aceitam o P-Fies 2021

  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA);
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA);
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR);
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL);
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID);
  • Centro Universitário do Distrito Federal (UDF);
  • Universidade de Franca (UNIFRAN);
  • Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) em Minas Gerais.

Glaúcia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.