Governo de SP antecipa calendário de vacina da COVID-19 para mais de 60 anos

Mudanças no calendário de vacina contra a covid-19, beneficiam idosos com faixa etária especifica. Nessa semana, diversas cidades de São Paulo passaram a antecipar a imunização para as pessoas entre 60 e 62 anos. Inicialmente a aplicação das doses para este grupo só ocorreria a partir desta quinta-feira (06), mas já começou em alguns municípios. Acompanhe.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Governo de SP antecipa calendário de vacina da COVID-19 para mais de 60 anos (Imagem: Reprodução/Folha Uol)
Governo de SP antecipa calendário de vacina da COVID-19 para mais de 60 anos (Imagem: Reprodução/Folha Uol)

Enquanto o país registra mais de 400 mil mortes pelo novo coronavírus, os governos estaduais lutam contra o tempo para garantir a ampliação no cronograma de vacina.

Em São Paulo, os idosos entre 60 e 62 anos tiveram a imunização antecipada. Cidades como Franco da Rocha, Santo André e São Caetano do Sul deram inicio a campanha para este grupo.

publicidade

Agendamento da vacinação em SP por região

Mesmo sob determinação do governo estadual, a população deve ficar atenta aos informes de suas cidades. Cada prefeitura vem solicitando a realização do agendamento para assim otimizar as filas de aplicação da vacina.

Em Franco da Rocha os idosos acima dos 60 começaram a ser medicados já nesse sábado (01). Já em Santo André e São Caetano no Sul, estão sendo convocados para marcar o horário de aplicação da primeira dose.

Barueri, Caieiras, Cotia e São Bernardo do Campo também iniciaram a imunização nessa faixa etária. Já em Diadema, o adiantamento do calendário de vacinação vem ocorrendo de forma gradual.

Nessa segunda-feira (3) a aplicação foi destinada para quem tinha 62 anos, nesta terça-feira (04) 61 anos e na quarta (5) para os idosos de 60 anos ou mais.

Demais cidades que adiantaram a vacinação para idosos de 62 anos:

  • Mauá
  • Ribeirão Pires
  • Vargem Grande Paulista
publicidade

Pronunciamento do governo estadual

Diante da mudança nos cronogramas, a Secretaria Estadual da Saúde informou, através de uma nota, que está enviando a mesma quantidade de vacinas para a primeira e segunda dose do grupo.

“O Governo de São Paulo encaminha as remessas de primeira e segunda dose da vacina contra a Covid-19 considerando as estatísticas populacionais de cada faixa previstas pelo Ministério da Saúde, com quantitativos idênticos em ambas as entregas para que seja concluída a imunização das pessoas. Todas as grades de vacinas são enviadas a cada local em tempo oportuno. Cabe às Prefeituras utilizar as vacinas de acordo com os critérios técnicos e públicos, ou seja, devem respeitar as faixas etárias e/ou grupos estipulados bem como o intervalo de tempo de aplicação entre doses (até 28 dias para a vacina do Butantan e até 12 semanas para a da Fiocruz)” disse a nota.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!