Agência da Caixa LOTADAS! Veja como sacar auxílio emergencial sem filas

Pontos-chave
  • Saque da 1ª parcela do auxílio emergencial causa aglomeração em agências da Caixa;
  • Calendário de saques do auxílio emergencial é antecipado;
  • Beneficiários estão autorizados a movimentar auxílio emergencial com a chave PIX.

Na última sexta-feira, 30, as agências da Caixa Econômica Federal (CEF) ficaram lotadas devido a extensas filas provenientes de saques do auxílio emergencial de 2021. 

Agência da Caixa LOTADAS! Veja como sacar auxílio emergencial sem filas
Agência da Caixa LOTADAS! Veja como sacar auxílio emergencial sem filas. (Imagem: Agora/Folha UOL)

Um dos pontos que resultaram no acontecimento é relativo à antecipação do saque da primeira parcela do auxílio para os trabalhadores informais, Microempreendedores Individuais (MEIs) e desempregados.

Este grupo se refere aos aprovados pelo site ou aplicativo do auxílio emergencial, bem como pela inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal.

O saque da primeira parcela estava previsto originalmente para ocorrer apenas no dia 4 de maio, próxima terça-feira. No entanto, a Caixa Econômica decidiu antecipar a liberação do benefício. Hoje, 3, é a vez dos nascidos em fevereiro. 

Para viabilizar o auxílio emergencial 2021 foi preciso promover uma série de adequações diante das limitações financeiras agravadas pela pandemia da Covid-19. Neste sentido, houve alterações quanto ao valor e requisitos para a concessão do benefício. 

Por outro lado, um critério foi mantido, o modelo do cronograma de pagamentos. Isso quer dizer que o calendário do grupo geral foi organizado de acordo com o mês de nascimento dos trabalhadores.

Porém, é preciso aguardar até 30 dias para efetuar o saque em espécie e transferências via TED, DOC ou PIX para outras agências bancárias. 

Contudo, devido à decisão de antecipar parcialmente o calendário de saques, houve aglomeração na porta das agências da Caixa Econômica. A situação foi relatada por Raphael Santos Sarraff, de 33 anos, ao portal Agora, que ficou horas na fila de uma agência situada na zona leste de São Paulo. 

O cidadão precisou recorrer ao atendimento presencial devido a problemas no cadastro, após ser notificado via SMS sobre o respectivo CPF constar em mais de um cadastro junto ao sistema da Caixa Econômica

Enquanto isso, Ianka Cristina de Almeida Silva, de 23 anos, precisou se dirigir até uma das agências da Caixa Econômica mais de uma vez. E teve que esperar durante três horas na fila para realizar o saque do benefício atrelado ao Bolsa Família. 

“Quando chegou na minha hora, o banco estava sem sistema. Ela está trabalhando, por isso vim no lugar dela. A atendente da Caixa foi muito grossa e falando alto. Vou embora sem o dinheiro”, reclamou Ianka.

Extensas filas também foram avistadas nas agências situadas nas avenidas Mateo Bei e Ragueb Chohfi, em São Mateus. Na oportunidade, a agência da Caixa Econômica em Sapopemba, se pronunciou perante o alto fluxo de atendimentos no fim da última semana, e esclareceu alegando a falta de sistema.

No entanto, os atendimentos foram concluídos após a passagem de 520 pessoas pela respectiva unidade. 

A Caixa Econômica Federal ainda disse que entre as 4.200 agências, as filas costumam ser pontuais respeitando todo o protocolo de segurança sanitária. No entanto, os atendimentos priorizam os alguns serviços considerados essenciais, como:

  • Saque sem cartão do INSS;
  • Prova de vida do INSS;
  • Seguro-Desemprego;
  • Bolsa Família;
  • Abono Salarial;
  • FGTS;
  • Solicitação do DPVAT;
  • Pagamento de Loteria;
  • Pagamento de Precatórios e Alvarás Judiciais;
  • Abertura de contas;
  • Exclusão de CCF;
  • Desbloqueio de cartão.

Evite filas na Caixa

Vale mencionar outra medida em prol dos beneficiários do auxílio emergencial. Desta vez a decisão foi tomada pelo Banco Central (BC), que desde o dia 22 de março, liberou o uso da ferramenta PIX no aplicativo Caixa Tem

Anteriormente, o benefício era disponibilizado somente após o prazo de 30 dias contados a partir da data de depósito, junto ao saque em espécie e transferências por TED e DOC. 

Agora, diante da autorização do BC, os beneficiários do auxílio emergencial podem efetuar pagamentos e transferências via PIX, contando que não seja para contas bancárias da mesma titularidade. A medida também fica disponível para os inscritos no Bolsa Família. 

A restrição quanto ao PIX no Caixa Tem para contas da mesma titularidade visa proteger os beneficiários do auxílio emergencial, uma vez que o benefício não pode ser utilizado como objeto de descontos ou compensações capazes de reduzir o valor do benefício.

Esta é a razão pela qual não há a incidência de impostos sobre o pagamento, o qual recomenda-se ser usado principalmente para a alimentação da família. 

Agora, os depósitos da segunda parcela do auxílio emergencial tanto para o grupo geral, quanto para os inscritos no Bolsa Família, devem ocorrer somente após a segunda quinzena do mês de maio. Até então, a previsão de saques e transferências da segunda parcela é para o dia 8 de junho. 

Este ano, o auxílio emergencial será pago em valores que variam entre R$ 150, R$ 250 e R$ 375. A definição de cada quantia irá depender das características de cada beneficiário, da seguinte maneira:

  • R$ 150 para quem mora sozinho (141 mil pessoas);
  • R$ 250 para o responsável pelo grupo familiar (39 mil pessoas);
  • R$ 375 para as mães solteiras chefes de família (24 mil pessoas).

Tendo em vista as limitações impostas para viabilizar os R$ 44 bilhões investidos no auxílio emergencial este ano, acontecerá análises mensais para verificar se os beneficiários continuam enquadrados nos requisitos que dão direito ao benefício.

Portanto, o cidadão que recebe o auxílio, mas que conseguiu um emprego com carteira assinada terá o depósito da quantia a partir do mês subsequente. 

Os valores do auxílio emergencial são depositados pela Caixa Econômica Federal (CEF) diretamente nas contas poupança sociais digitais gerenciadas pelo aplicativo Caixa Tem.

Pela plataforma os beneficiários conseguem pagar boletos, realizar compras com o cartão de débito virtual e QR Code, até que chegue a data de liberação das demais ferramentas como o PIX e transferências. 

Agência da Caixa LOTADAS! Veja como sacar auxílio emergencial sem filas
Agência da Caixa LOTADAS! Veja como sacar auxílio emergencial sem filas. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

A partir do momento em que os saques ficam liberados, os beneficiários podem se dirigir até Caixas Eletrônicos 24 horas e Casa Lotéricas.

Os valores também podem ser transferidos via PIX para outras agências bancárias, desde que não sejam para contas da mesma titularidade. Estas são alternativas que visam desafogar o atendimento nas agências oficiais da Caixa Econômica. 

Calendário de depósito do auxílio emergencial 2021

Nascidos em Parcela 1 Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
Janeiro 6 de abril 16 de maio 20 junho 23 de julho
Fevereiro 9 de abril 19 de maio 23 de junho 25 de julho
Março 11 de abril 23 de maio 25 de junho 28 de julho
Abril 13 de abril 26 de maio 27 de junho 1º de agosto
Maio 15 de abril 28 de maio 30 de junho 3 de agosto
Junho 18 de abril 30 de maio 4 de julho 5 de agosto
Junho 20 de abril 2 de junho 6 de julho 8 de agosto
Agosto 22 de abril 6 de junho 9 de julho 11 de agosto
Setembro 25 de abril 9 de junho 11 de julho 15 de agosto
Outubro 27 de abril 11 de junho 11 de julho 18 de agosto
Novembro 28 de abril 11 de julho 14 de julho 20 de agosto
Dezembro 29 de abril 16 de junho 21 de julho 22 de agosto

Calendário de saques e transferências do auxílio emergencial

Nascidos em Parcela 1 Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
Janeiro 30 de abril 8 de junho 13 de julho 13 de agosto
Fevereiro 3 de maio 10 de junho 15 de julho 17 de agosto
Março 4 de maio 15 de junho 16 de julho 19 de agosto
Abril 5 de maio 17 de junho 20 de julho 23 de agosto
Maio 6 de maio 18 de junho 22 de julho 25 de agosto
Junho 7 de maio 22 de junho 27 de julho 27 de agosto
Julho 10 de maio 24 de junho 29 de julho 30 de agosto
Agosto 11 de maio 29 de junho 30 de julho 1º de setembro
Setembro 12 de maio 1º de julho 4 de agosto  3 de setembro
Outubro 13 de maio 2 de julho 6 de agosto 6 de setembro
Novembro 14 de maio 5 de julho 10 de agosto 8 de setembro
Dezembro 17 de maio 8 de julho 12 de agosto 10 de setembro

Calendário do auxílio emergencial para o Bolsa Família

Dígito final do NIS Parcela 1 Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
NIS final 1 16 de abril 18 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 2 19 de abril 19 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 3 20 de abril 20 de maio 21 de junho 21 de julho
NIS final 4 22 de abril 21 de maio 22 de junho 22 de julho
NIS final 5 23 de abril 24 de maio 23 de junho 23 de julho
NIS final 6 26 de abril 25 de maio 24 de junho 26 de julho
NIS final 7 27 de abril 26 de maio 25 de junho 27 de julho
NIS final 8 28 de abril 27 de maio 28 de junho 28 de julho
NIS final 9 29 de abril 28 de maio 29 de junho 29 de julho
NIS final 0 30 de abril 31 de maio 30 de junho 30 de julho

 

Laura AlvarengaLaura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR