Como se inscrever no auxílio emergencial com parcelas de R$ 600 no DF?

Nesta terça-feira (27), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB-DF) decretou que será paga mais uma rodada do auxílio emergencial para taxistas e motoristas de transporte escolar. Ao todo, serão 4,5 mil beneficiados com três parcelas de R$ 600.

Como se inscrever no auxílio emergencial com parcelas de R$ 600 no DF?
Como se inscrever no auxílio emergencial com parcelas de R$ 600 no DF? (Imagem: Tony Winston/Agência Brasília)

Além disso, o governador está planejando algo similar para trabalhadores do turismo, como informou no Twitter.

“O auxílio emergencial para taxistas e motoristas de transporte escolar chega em boa hora e será pago em três parcelas de R$ 600. Agora estudamos a possibilidade de oferecer auxílio similar aos profissionais do turismo, muito afetados pela crise”, disse na rede social.

Ibaneis afirmou que apesar de pouco, a quantia pode ajudar aqueles que necessitam. “Para quem está nas ruas trabalhando, quem não consegue mais pegar os passageiros há um ano antes da pandemia, sabemos do significado desse valor”, disse.

O auxílio para essa categoria tinha sido aprovado pela primeira vez em junho do ano passado, após o agravamento da crise sanitária que levou à redução das corridas e suspensão de aulas presenciais nas redes pública e privada de ensino. 

No mês de dezembro, a Câmara Legislativa (CLDF) havia promulgado a extensão do auxílio emergencial para os taxistas até janeiro deste ano. Depois de derrubar o veto do próprio Ibaneis à exclusão da categoria da medida que previa o pagamento do benefício.

O secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente, disse que determinadas categorias trabalhistas continuam sofrendo amplamente pelos impactos da pandemia da Covid-19, “e até o momento não conseguiram voltar à normalidade de suas atividades, motivo do auxílio ser concedido por mais três parcelas”.

Como solicitar o auxílio emergencial do DF?

Para poder receber o auxílio é preciso que os interessados tenham cadastro no Semob (Cadastro de Permissionários/Concessionários da Secretaria de Estado de Transporte e Mobilidade). 

Os interessados devem realizar a inscrição antes do dia 31 de janeiro de 2020. Além disso, é exigido que o beneficiário tenha cadastro no Detran-DF (Departamento de Trânsito do DF), com data anterior a 31 de janeiro de 2020, e não ter dívida ativa no Distrito Federal.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.