Calendário do IPVA 2021 é prorrogado para comércios do turismo no RN

O Governo do Rio Grande do Norte prorrogou para o segundo semestre o calendário de vencimentos do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 202. O adiamento vale para as empresas do setor de turismo, bares e restaurantes. O novo calendário do IPVA 2021 começa a vencer em 12 de julho.

publicidade
Calendário do IPVA 2021 é prorrogado para comércios do turismo no RN
Calendário do IPVA 2021 é prorrogado para comércios do turismo no RN (imagem: Montagem/FDR)

No caso dos demais contribuintes do Rio Grande do Norte, o calendário de vencimentos do IPVA 2021 segue inalterado. Esta medida faz parte das ações governamentais para diminuir os impactos negativos no setor produtivo devido à pandemia de covid-19.

Neste novo calendário, estão enquadrados os comércios como:

publicidade
  • Hotéis;
  • Agências de viagens;
  • Operadores turísticos;
  • Empresas de transporte rodoviário coletivo de passageiros, que atuam sob regime de fretamento ou na organização de excursões com veículos rodoviários próprios.

O benefício da prorrogação do IPVA também valerá para os bares, restaurantes, estabelecimentos similares e bufês. Sendo assim, estes grupos também ganham um prazo maior para quitar este imposto.

Caso o contribuinte já tenha iniciado o parcelamento no prazo regular, a Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) afirma que as parcelas restantes serão enquadradas no novo calendário.

Novo calendário do IPVA 2021 para empresas de turismo no RN

De acordo com a SET, o novo calendário tem vencimento previsto para o dia 12 de julho para os veículos dessas empresas com placas de final 0 e 9. O imposto pode ser pago em cota única ou dividido em cinco parcelas — que devem ser pagas até novembro.

No caso de quem optar pela cota única, haverá desconto de 5%. O segundo vencimento acontece em agosto e assim sucessivamente nos meses seguintes, sendo sempre dois dígitos finais de placa por mês.

Fecomércio RN celebra decisão sobre o IPVA

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio RN) afirma que esta decisão estadual representa “um alívio para o setor do turismo”. O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, afirma que este foi um dos pleitos entregados ao Governo do Estado.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Ele destaca que são ações que ajudarão os estabelecimentos do setor de turismo a diminuir o impacto causado pela pandemia. O presidente da entidade ainda ressalta que os pleitos acontecem desde o início da pandemia. As ações têm sido em favor dos setores de Comércio, Serviços e Turismo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.