Trem e metrô de SP passam a emitir bilhete com QR Code; saiba como funciona

Desde segunda-feira (26), as bilheterias de 16 estações do Metrô e CPTM de São Paulo começaram a vender exclusivamente bilhetes digitais com QR Code. Apesar dessa mudança no bilhete do trem e metrô de SP, os preços não passam alteração.

Trem e metrô de SP passam a emitir bilhete com QR Code; saiba como funciona
Trem e metrô de SP passam a emitir bilhete com QR Code; saiba como funciona (Imagem: Divulgação/Metrô de São Paulo)

Segundo a Secretaria de Transportes Metropolitanos, a mudança dos sistemas acontecerá de forma gradual. A previsão é que todas as bilheterias estejam adequadas ao novo padrão até o mês de maio.

O governo estadual espera que esta mudança aumente a segurança, facilite o acesso nas estações e diminua os custos. A secretaria informa que todas as estações da CPTM e do Metrô estão aptas para o uso do Bilhete Digital QR Code, impresso ou no celular, nas catracas.

O governo destaca que os bilhetes unitários antigos seguirão a ser aceitos nas catracas, mesmo após o fim da comercialização. Ainda não há uma data definida para que o antigo bilhete unitário deixe de ser aceito.

O valor não possui diferença do pago na compra do antigo bilhete unitário, de R$ 4,40 por passagem. O usuário pode adquirir até quatro unidades de uma vez.

Após realizar a compra na bilheteria, o bilhete é impresso para que o passageiro utilize nas catracas. De acordo com a pasta, assim como a passagem antiga, o novo modelo de acesso não possui validade após a impressão em papel.

Mesmo assim, a recomendação é que o uso aconteça em até 72 horas para que os dados continuem legíveis para a catraca.

A pasta ainda recomenda que o usuário não amasse, dobre, rasgue ou molhe, inclusive com álcool em gel, para evitar que o QR Code sofra danos. Após o uso, a sugestão é que o papel seja descartado na lixeira mais próxima.

Funcionamento do bilhete com QR Code no trem e metro de SP

Os QR Code funcionam como um código de barras bidimensional. Nas passagens, este código representa um código único para realizar a transação.

A compra pode ser feita em bilheterias, em máquinas e em estabelecimentos parceiros. Nestas situações, o usuário receberá um bilhete com o código impresso para o uso nas catracas.

O passageiro ainda conta com a possibilidade de comprar o novo bilhete pelo celular, sem a necessidade de passar pela bilheteria da estação. Para isso, basta usar o aplicativo TOP. Neste caso, basta exibir o código na tela do aparelho e efetuar a leitura nas catracas do transporte.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA