Doria anuncia novo método de classificação por fases no Plano São Paulo

O Governo de São Paulo, segundo o governador João Dória, voltará a considerar os indicadores regionais da covid-19 em possíveis novas flexibilizações da quarentena. De acordo a percepção da sua equipe, as cidades do estado estão relativamente controladas.

Doria anuncia novo método de classificação por fases no Plano São Paulo
Doria anuncia novo método de classificação por fases no Plano São Paulo (Imagem: Sergio Andrade/Governo do Estado de São Paulo/Agência Brasil)

Doria considera que a pandemia está em relativo controle, pois foi constatada uma diminuição no número de novos casos. E, consequentemente, uma ocupação mais baixa dos leitos primários de hospitais públicos e privados e também dos leitos de UTI.

“A tendência é que essa redução continue se acentuando nas próximas duas semanas, o que poderá permitir que, dessa fase de transição, venhamos para a fase laranja, que é menos restritiva do que a fase vermelha, na qual estávamos, e bem menos restritiva do que a fase emergencial”, acrescentou Dória.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde Paulista, divulgados pela Reuters, São Paulo está registrando nas últimas três semanas, uma diminuição na média diária de novas internações por coronavírus. O estado também registra queda na média diária de novos casos.

Porém, a quantidade de mortes por dia permanece crescendo em todo o estado.

Flexibilização em São Paulo

A partir de amanhã, 24, podem voltar a funcionar os bares e restaurantes, salões de beleza, barbearias e atividades culturais, como museus, clubes, parques e cinemas  entre  11h às 19h. 

Neste dia também podem voltar a operar as academias, com intervalos de 7h às 11h e de 15h às 19h. Mesmo com a autorização, essas atividades também devem seguir  respeitando a lotação máxima de 25% e aplicar todos os protocolos de segurança.

O governador voltou a criticar a gestão do presidente Jair Bolsonaro em meio a pandemia do coronavírus.

Por fim, Dória disse que a flexibilização está sendo acompanhada pelo Centro de Contingência e que não há projeção de que ela cause uma piora nos indicadores atuais.

 “Esperamos que as pessoas tenham responsabilidade e tenham consciência que essa abertura depende delas”, disse o governador.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.