Aneel analisa nesta terça-feira (27) reajuste na conta de luz DESTE estado

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) decide hoje, 27, o índice médio de reajuste na conta de luz dos consumidores do Pernambuco. Após a decisão, os novos valores já entram em vigor na próxima quinta.

Aneel analisa nesta terça-feira (27) possível reajuste na conta de luz
Aneel analisa nesta terça-feira (27) reajuste na conta de luz DESTE estado (Imagem: Mohamed Khaled/Pexels)

A revisão tarifária é feita pela Aneel a cada quatro anos. Este procedimento considera a eficiência da Celpe (Companhia Energética de Pernambuco), em que são redefinidos o nível eficiente dos custos operacionais e a remuneração dos investimentos.

Como este é um ano de revisão tarifária, a agência fez uma consulta pública no mês de março para discutir o reajuste da Celpe. Esta audiência é uma maneira da Aneel ouvir a população, os órgãos e sindicatos que querem opinar sobre o assunto.

Na audiência, o índice médio proposto para o reajuste foi de 9,99%. Para as residências, que são consideradas como pequenos consumidores, o reajuste médio proposto foi de 8,81%. Já para os grandes consumidores, como as fábricas, o percentual médio proposto foi de 13,79%.

Os reajustes citados na audiência não são os percentuais de reajuste que serão aplicados. Isto aconteceu inclusive na última revisão tributária, quando os índices debatidos na audiência foram diferentes dos oficiais. Sendo assim, isto pode acontecer novamente este ano. O percentual oficial será divulgado ainda hoje.

A base para o cálculo do reajuste da Aneel são as informações enviadas pelas distribuidoras. Estes dados foram encaminhados pela Celpe para que a agência regular e definir o percentual de reajuste. Atualmente, a Celpe atende 3,8 milhões de consumidores em Pernambuco.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Em 2020

No ano passado, o reajuste médio da conta de luz em Pernambuco foi de 5,16%. Em média, o reajuste para os consumidores de baixa tensão foi de 4,88% e para os de alta tensão foi de 5,93%. Os novos valores passaram a vigorar em 1º de julho.

O reajuste tarifário anual da Celpe estava marcado para 29 de abril de 2020. Porém, em decorrência do atual cenário da pandemia do coronavírus e do pedido da própria companhia, a Aneel realizou o adiamento.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.