Volta às aulas em SP começam nesta segunda (12); saiba como vai funcionar

Após período de recesso escolar antecipado, a volta às aulas em SP acontece a partir de hoje (12) com autorização do prefeito, Bruno Covas. As escolas devem seguir os protocolos de biossegurança e o atendimento é preferencial para os filhos de trabalhadores dos serviços classificados como essenciais.

Volta às aulas em SP começam nessa segunda-feira (12); saiba como funcionará
Volta às aulas em SP começam nessa segunda-feira (12); saiba como funcionará (Imagem: Secretaria da Educação de São Paulo)

Há exatamente um mês atrás o governo de São Paulo classificou a educação como serviço essencial com a publicação do Decreto Municipal nº 60.118.

Assim, a educação foi inserida no mesmo grupo que serviços de saúde, assistência social, transporte público, segurança e serviço funerário.

A volta às aulas de SP acontece mesmo na fase vermelha?

Na última sexta-feira, 9, o governador de São Paulo, João Doria informou que todo o estado voltaria para a fase vermelha a partir dessa segunda-feira,12.

Cabe a cada prefeito criar regras específicas para esse retorno presencial, é isso que Bruno Covas está fazendo nesse momento.

Na cidade de São Paulo as escolas terão que atender a apenas 35% dos estudantes matriculados, o que deve gerar um sistema da rodizio, exceto para a educação infantil.

Além disso, nesse momento o atendimento é prioritário para quem mais precisa. Tanto a rede municipal quanto a particular podem retomar suas atividades a partir de hoje.

Enquanto que as escolas estaduais devem ser abertas a partir do dia 14 de abril, próxima quarta-feira. O envio dos estudantes às escolas ainda é decidido pelos responsáveis.

Caso o aluno não vá participar das aulas presenciais terá que continuar acompanhando o ensino pela Google Classroom. E através de qualquer outro meio que a escola disponibilizar, incluindo a retirada na escola de atividades impressas.

O ensino remoto deve ser mantido para os estudantes matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (MOVA).

Quais estudantes serão atendidos primeiro na volta às aulas em SP?

Para o secretário estadual de educação e o governador do estado, esse momento o atendimento é preferencial para alguns grupos de estudantes.

Confira abaixo:

  • Que apresentem uma severa defasagem de aprendizagem;
  • Estudantes com dificuldade de acesso à internet para acompanhamento das aulas remotas;
  • Que fazem a principal alimentação na escola;
  • Alunos que são filhos de trabalhadores dos serviços essenciais: saúde, educação, assistência social, transporte público, segurança e serviço funerário.
  • Estudantes com a saúde mental em risco.

A prefeitura de São Paulo criou o site de apoio às famíliasnele é possível encontrar diversas informações importantes.

Fique bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR .

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.