Olimpíada de Língua Portuguesa ficam com inscrições abertas até 30 de abril

Professores do 5º ano do ensino fundamental ao 3º do ensino médio da rede pública podem participar da Olimpíada de Língua Portuguesa de 2021. O tema desse ano é “O lugar onde vivo”.

Olimpíada de Língua Portuguesa ficam com inscrições abertas até 30 de abril
Olimpíada de Língua Portuguesa ficam com inscrições abertas até 30 de abril (Imagem: Escrevendo o futuro)

Em sua 7º edição, estão abertas as inscrições para as Olimpíadas de Língua Portuguesa de 2021. O concurso foi criado pelo Itaú Social e o Ministério da Educação (MEC).

O tema escolhido para a edição de 2021 é: O lugar onde eu vivo.

“É interessante a gente pensar que esse tema, que se mantém como tema da olimpíada, é sempre inovador porque é sempre uma oportunidade desse menino, dessa menina, desse jovem, desse estudante poder lançar uma nova visão acerca do que está acontecendo no seu entorno, das fragilidades, das potencialidades do seu lugar”, disse Patrícia Calheta, integrante da equipe responsável pelas olimpíadas.

Como participar das olimpíada de Língua Portuguesa 2021?

A inscrição deve ser feita pelo professor de língua portuguesa. Que, além de fazer um relato do trabalho realizado com a turma, também deve anexar materiais fruto das suas ações com os alunos.

As categorias disponíveis para participação são: Poema, Memórias Literárias, Crônica, Documentário e Artigo e Opinião.

Os educadores devem fazer a inscrição no site Escrevendo o futuro. Mas para conseguir participar pé necessário que o município ou o estado tenha feito a adesão no mesmo portal. As inscrições e a adesão seguem abertas até o próximo dia 30 de abril.

Como vai ser realizada a Olímpiada de língua portuguesa em plena pandemia?

Nesse ano o foco das premiações são justamente esses relatos enviados pelo professor e não mais as produções individuais dos estudantes.

A ideia é mostrar como o trabalho docente é importante e traz bons resultados mesmo durante a pandemia.

Por isso que é necessário enviar o texto do professor, vídeos, fotos, áudios e demais materiais que ajudem a compor o relato profissional.

Também no site em que a inscrição é feita estão disponibilizados cadernos e materiais que servirão para nortear o trabalho em sala de aula que resultará no relato docente.

Fique bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR .

Jamille NovaesJamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.