São Bernardo contraria plano São Paulo e comerciantes podem ser multados

Em São Bernardo, o prefeito Orlando Morando comunicou que a partir de hoje, 8, irá flexibilizar os horários e o funcionamento de vários setores. Muitos deles, proibidos na fase emergencial do Plano SP, que segue pelo menos até o próximo dia 11.

São Bernardo contraria plano São Paulo e comerciantes podem ser multados
São Bernardo contraria plano São Paulo e comerciantes podem ser multados (Foto: Rivaldo gomes/ Folhapress)

Através de uma transmissão em suas redes sociais, o prefeito liberou o funcionamento de escritórios advocatícios, de contabilidade e imobiliárias.

O governo do Estado de São Paulo determina que estes estabelecimentos permaneçam fechados.

Morando disse que os atendimentos devem ser feitos de preferência remotamente, porém que as atividades estão liberadas.

Serão liberados também nesta quinta, para atendimentos presenciais, os:

  • Lava-rápidos;
  • Lojas de material de construção, de ferragens, de tinta;
  • Marmorarias;
  • Serralherias;
  • Vidraçarias;
  • Lojas de ferramentas, ferragens, materiais hidráulicos, elétricos, pisos e revestimentos
  • Lojas de lcação de equipamentos de construção;
  • Lojas de produtos de limpeza.

O decreto do estado diz que estes estabelecimentos só podem atender por delivery até o dia 11 de abril.

As atividades essenciais na cidade, vão poder funcionar até 21h. Todas devem cumprir de protocolos.

Entre os estabelecimentos comtemplados estão os que já podem funcionar como padarias (sem consumo local), açougue, mercado, supermercados, postos de combustíveis, lojas de conveniência e distribuidoras de gás.

Seguem autorizados a funcionar os setores de saúde, segurança, telecomunicações e de logística. Seguem autorizados as bancas de jornais, cartório, chaveiro, correios, lavanderias, lotéricas e floriculturas. 

As linhas de ônibus operadas pela concessionária BR7 Mobilidade permanecem sendo encerradas às 22h e retornando às 4h.

“O toque de recolher continua das 22h às 4h. As atividades que estão autorizadas poderão funcionar até 21h. Materiais de construção e todas as cadeias também poderão fazer o atendimento presencial”, disse o prefeito.

Os consumidores também poderão retirar alimentos prontos nos estabelecimentos.

Restaurantes, lanchonetes, bares e congêneres, exclusivamente para o serviço de delivery até as 24h00 e de drive thru e take away até as 21h00, com os estabelecimentos de portas fechadas, disse Orlando. 

Cidade será notificada 

O Governo do Estado disse em nota que a prefeitura de São Bernardo será notificada e o Ministério Público acionado.

As Prefeituras que descumprem o Plano São Paulo são notificadas pelo Governo do Estado, que também informa o Ministério Público para tomada de providências. Segundo o Poder Judiciário, os decretos estaduais de enfrentamento à pandemia prevalecem sobre normas editadas pelos municípios.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.