Contratação de crédito rural cresce! Veja como essa pode ser uma boa solução

Pontos-chave
  • Crédito Rural é voltado aos produtores e cooperativas agrícolas;
  • A inciativa possui três modalidades de crédito;
  • Os interessados passam por classificação com base nos dados do produtor rural.

O Ministério da Agricultura informou que a contratação do crédito rural entre julho do ano passado e janeiro de 2021, sete meses da safra 2020/2021, cresceu 17%, em comparação com a safra anterior, atingindo R$135,3 bilhões. Saiba mais detalhes.

Contratação de crédito rural cresce! Veja como essa pode ser uma boa solução
Contratação de crédito rural cresce! Veja como essa pode ser uma boa solução (Imagem: Google)

A pasta disse em nota que os recursos para investimento foram de R$ 43,52 bilhões (41% do todo), R$ 72,7 bilhões para custeio (13%), R$ 11,59 bilhões para comercialização (9%) e R$ 7,59 bilhões para industrialização (4%). 

“As aplicações de investimento se situaram em R$ 1,75 bilhão (7%) com contratações dos médios produtores (Pronamp), em R$ 9,72 bilhões (9%) para os pequenos agricultores (Pronaf) e para os demais produtores em R$ 32,05 bilhões (58,2%)”.

Segundo o ministério, os recursos da poupança rural que foram destinados para os financiamentos de investimento feitos por médios e pequenos produtores corresponderam, respectivamente, por 41% (Pronamp) e 46% (Pronaf). Os outros  produtores responderam por 34% da contratação de investimento.

Sobre os programas de investimento que utilizam recursos do BNDES sob responsabilidade do Ministério da Agricultura, o Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota) bateu R$ 6,97 bilhões (47%).

O Programa de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), somou R$ 1,62 bilhão (73%), Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro), R$ 1,54 bilhão (31%).

O Programa de Incentivo à Irrigação e à Produção em Ambiente Protegido (Moderinfra), R$ 686 milhões (110%) e Programa de Modernização da Agricultura e Conservação dos Recursos Naturais (Moderagro), R$ 1,27 bilhão (36%).

“Sobre os créditos de custeio, os valores contratados pelos médios produtores (Pronamp) foram de R$ 16,2 bilhões (6%), R$ 11,12 bilhões (17%) pelos pequenos produtores (Pronaf) e R$ 45,38 bilhões (15%) para os demais produtores”, disse o Ministério.

Aposentadoria rural do INSS: Lista com requisitos para ter direito ao pagamento
Crédito Rural Reprodução/Google)

Crédito Rural 

O crédito rural vem auxiliando no desenvolvimento de propriedades em todo o Brasil. Por conta da importância do setor no país, o mercado financeiro oferta certos tipos de crédito e juros mis baixos para produtores que necessitam manter suas atividades no empreendimento.

Este tipo de crédito possibilita investimentos financeiros, que vão desde a compra de insumos, até a de equipamentos e maquinário para as atividades agrícolas.

  • Quem pode pedir 

O crédito rural é destinado aos produtores e também para as cooperativas agrícolas, já que, engloba vários de empréstimos e financiamentos que são ofertados de acordo com a necessidade de cada solicitante.

Desta forma, as pessoas físicas ou jurídicas que estejam incluídas em atividades rurais podem pedir o crédito, além de associações de produtores e cooperativas.

Também é previsto na legislação que agroindústrias e cerealistas podem pedir o crédito referente na modalidade comercialização.

Como são recursos oferecidos por órgãos públicos e estabelecimentos de créditos particulares, eles são determinados todos os anos pelo Plano agrícola e Pecuário ou plano de safra como ficou conhecido.

Sendo assim, ficam estabelecidos os incentivos que serão oferecidos no ano e para onde os recursos serão direcionados.

  • Tipos de crédito 

Os interessados podem optar por três modalidades de crédito. Uma delas é o crédito para custeio direcionado a quem deseja pagar custos de produção, como a compra de insumos, por exemplo.

O segundo tipo é o crédito voltado para investimentos, que é cedido ao solicitante que quer comprar um bem ou serviço durável, como os maquinários agrícolas.

Por fim, o último tipo é o crédito para comercialização, que é voltado àqueles que precisam de fazer investimentos para a distribuição e armazenamento da produção agrícola.

Programas voltados ao Crédito Rural

Agora que você sabe os tipos de crédito, saiba os programas que são voltados para o crédito rural. Eles variam segundo o parte do produtor e o objetivo do recurso.

  • PRONAMPE: voltado para pequeno ou médio agricultor familiar
  • PRONAF: Destonado aos investimento e custeio da propriedade
  • INOVAGRO: Destinado a inovação tecnológica
  • MODERAGRO: Voltado para a modernização e expansão da produtividade nos setores agropecuários
  • PCA: Destinado a ampliação, modernização e reforma da capacidade de armazenamento.

Como solicitar o crédito rural 

Para solicitar o crédito rural é necessário passar por uma classificação feita com base nos dados do produto rural.

Este procedimento irá definir qual tipo de recurso ou crédito poderá ser concedido. É importante destacar que isso também influencia nas taxas que serão aplicadas à operação.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.