Belo Horizonte libera 1ª dose da vacina para idosos com mais de 65 anos

Nesta quarta-feira (7), os idosos com mais de 65 anos e profissionais de saúde acima de 50 anos começarão a tomar a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em BH. Os idosos que irão completar 65 anos até o dia 30 de abril também serão imunizados.

Belo Horizonte libera 1ª dose da vacina para idosos com mais de 65 anos
Belo Horizonte libera 1ª dose da vacina para idosos com mais de 65 anos (Imagem: Reprodução/Google)

A aplicação da vacina acontecerá entre 7h30 e 16h30 nos centros de saúde da capital e postos fixos. Além desses pontos, haverá também a imunização nos pontos drive-thru, a partir das 8h até as 16h30.

Os idosos da faixa etária indicada e que estão acamados ou com mobilidade reduzida devem se cadastrar no portal da prefeitura de Belo Horizonte. Isso porque, sem a possibilidade de comparecer a um dos pontos de imunização, esses receberão a vacina em casa.

Já os profissionais de saúde acima de 50 anos puderam fazer o cadastro no portal da prefeitura até o dia 1º de abril. Quem não realizou o cadastro não poderá receber a dose do imunizante contra a Covid.

Dessa maneira, receberá a primeira dose da vacina contra o Covid os trabalhadores da saúde de Belo Horizonte que estão em atividade e que tenha, até o dia 30 de abril, 50 anos ou mais.

Além disso, não poderá ter recebido outra vacina nos últimos 30 dias ou ter tido Covid com início de sintomas nos últimos 30 dias.

Os profissionais da saúde serão imunizados em pontos exclusivos, com o intuito de não haver fraudes. Dessa maneira, haverá cinco locais, nos quais, os trabalhadores da área poderão se dirigir para receber a vacina. São eles:

  • Unidade de Referência Secundária (URS) Sagrada Família: Rua Joaquim Felício, 101 – Sagrada Família (7h30 às 16h30);
  • Posto drive-thru Sala Minas Gerais: Rua Tenente Brito Melo, 1.090 – Barro Preto (7h30 às 16h30, somente no dia 7);
  • Posto drive-thru Corpo de Bombeiros: Rua Piauí, 1.815 – Funcionários;
  • Posto drive-thru Minas Shopping (Doca 3): Av. Cristiano Machado, 4000 – União;
  • Centro de Especialidades Médicas IPSEMG: Rua Domingos Vieira, 488 – Santa Efigênia (7h30 às 16h30).

Para comprovar a profissão, o trabalhador da saúde deve levar um documento de identificação com foto, o registro no conselho profissional e documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde localizado em Belo Horizonte, como contracheques e Carteira de Trabalho.

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 7 anos. Esse ano começou a trabalhar como redatora e como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR e realiza consultoria de redação on-line.