Programa Cred Pop oferece empréstimo de até R$ 3 mil para MEI no Recife

No Recife, os MEIs (Microempreendedores Individuais) já podem participar do Programa Cred Pop, que está oferecendo R$3 mil para os pequenos negócios. Sabia mais sobre a novidade.

Programa Cred Pop oferece empréstimo de até R$ 3 mil para MEI no Recife
Programa Cred Pop oferece empréstimo de até R$ 3 mil para MEI no Recife (Imagem: Andrea Piacquadio/Pexels)

Podem participar do programa os empreendedores formais e informais, microempresas, empresas de pequeno porte e organizações econômicas coletivas e solidárias. 

Dentro destas categorias atendidas, as mulheres, jovens, pessoas pretas e pardas e pessoas com deficiência, possuem prioridade. 

“São empréstimos de até R$ 3 mil para o microempreendedor da cidade, consolidando Recife como uma cidade empreendedora. O empréstimo é parcelado em 12 vezes e taxa de juros é de 0,99%”, explicou Rafael Dubeux, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

Quem quitar as onze parcelas do empréstimo sempre em dia, terão a 12ª parcela paga pela prefeitura. 

“Na prática, isso faz com que o empréstimo tenha taxa zero de juros”, disse Dubeux. A gestão municipal estima que 10 mil recifenses serão contemplados todos os anos, até 2024.

O presidente da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco, disse que os recursos são oriundos do poder Executivo municipal. É de responsabilidade da agência realizar a “etapa de escritório”, ou seja, disponibilizar o empréstimo para o solicitante. 

“Quem aporta os recursos é a prefeitura da cidade do Recife. Separa parte dos recursos do orçamento da cidade e coloca à disposição da população, dos invisíveis, para que tomem esse crédito. O papel da agência é operacionalizar, analisar a qualidade do crédito, fazer as liberações e os pagamentos”, disse.

Como se Inscrever no Crédito Pop

O cadastro é feito por meio do aplicativo ou do site Conecta Recife

Quem pode ser MEI?

Para ser um MEI é preciso:

  • Ter uma renda bruta de até 81 mil reais por ano, ou seja, R$ 6.750,00 reais de renda bruta por mês.
  • Possuir somente um empregado registrado.
  • Não ter participação em nenhuma outra empresa, seja como sócio, seja como titular.

Como se registrar como MEI?

O processo de formalização é gratuito, basta entrar no portal do microempreendedor individual. Será necessário preencher uma ficha com informações pessoais da pessoa física e jurídica.

As exigências para se formalizar são básicas: ter CPF, não estar em débito com a Receita Federal. Não há necessidade de possuir um alvará para funcionamento, o que não isenta o empreendimento da vistoria.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.