Calendário IPVA ES 2021 começa em junho após nova prorrogação do governo

O Governo do Espírito Santo adiou pelo prazo de três meses, o vencimento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A nova tabela de vencimentos foi divulgada no Diário Oficial. A medida integra o pacote de medidas socioeconômicas de enfrentamento das consequências da pandemia da COVID-19, divulgado pelo governo na última sexta-feira (19).

Calendário IPVA ES começa em junho após nova prorrogação do governo
Calendário IPVA ES começa em junho após nova prorrogação do governo (Imagem: José Fernando Ogura/ANPr)

Quando poderá ser feita a emissão do DUA?

A partir desta terça-feira (23), o contribuinte já pode realizar a emissão do Documento Único de Arrecadação (DUA) no portal da Secretaria da Fazenda (Sefaz) para atualizar a data de vencimento do boleto.

Quem já emitiu e ainda não fez o pagamento existe a possibilidade de efetuar uma nova emissão, caso queira aproveitar a prorrogação do vencimento.

Os contribuintes que realizarem o pagamento em cota única até a data do vencimento continuarão tendo 5% de desconto. Os proprietários de veículos leves poderão fazer o parcelamento do IPVA em quatro vezes. Já os proprietários de veículos pesados poderão dividir o IPVA em duas parcelas.

Usuários de internet banking têm a possibilidade de realizar a leitura do código de barras ou digitá-lo. Caso o contribuinte prefira,  também pode digitar o código gerado em um equipamento de autoatendimento do banco de sua preferência.

Os clientes Banestes podem fazer consultas e pagamentos tanto do IPVA quanto do licenciamento, do DPVAT e de multas de veículos do Espírito Santo pelo aplicativo do banco e no internet banking.

O aplicativo “ES na Palma da Mão” também disponibiliza uma funcionalidade que possibilita a emissão do documento de arrecadação ou capturar a linha digitável, que poderá ser copiada para qualquer aplicativo dos bancos credenciados para recolhimento do IPVA.

Preços de variação média do IPVA 2021 ES

Os preços de variação média que são referência para o ano de 2021 foi de -3,83%. O índice é obtido analisando a variação dos preços de mercado dos veículos, entre 2019 e 2020, e a composição da frota de veículos tributáveis do estado.

No Espírito Santo, a alíquota para carros de passeio e utilitários é de 2% sobre o valor do veículo. Já para motos, caminhões, micro-ônibus e ônibus é de 1%.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.