Governador do RJ volta atrás e mantém fechamento do estado por 14 dias

O governador em exercício, Cláudio Castro, prorrogou por 14 dias, um decreto que já estabelecia as normas estaduais de prevenção relacionadas ao funcionamento de bares e restaurantes. O decreto do governador do RJ foi publicado em uma edição extra do Diário Oficial desta segunda-feira (22).

Governador do RJ volta atrás e mantém fechamento do estado por 14 dias
Governador do RJ volta atrás e mantém fechamento do estado por 14 dias (Imagem: Tania Regô/Agência Brasil)

De acordo com esta determinação, as prefeituras seguem com autonomia para adotarem medidas mais restritivas contra a covid-19. Caso haja conflito entre as regras de estado e município, as determinações das prefeituras terão validade.

Segundo informado pelo O Globo, a assessoria do governador alegou que Castro ainda realizará conversas políticas. Com isso, ainda há possibilidade de existir mudanças no decreto até quarta-feira (24).

O decreto prevê a mudança de uma regulamentação da Secretaria estadual de Educação, que possuía regras para as aulas presenciais na rede por 14 dias. A suspensão das aulas presenciais também vale para a rede privada.

Governador do RJ se reúne com líderes comunitários para discutir sobre medidas restritivas

Nesta segunda-feira (22), Cláudio Castro, juntamente com o secretário de Governo, André Lazaroni, debateram ações com mais de 20 líderes comunitários sobre medidas restritivas a serem adotadas pelo estado. A reunião foi feita no Palácio Guanabara e durou cerca de três horas.

No diálogo, foram discutidas formas de ação conjunta entre as comunidades e o Governo do Estado. Ainda foi criado um grupo de trabalho, que elaborará um plano de ação. Este plano será apresentado em uma reunião marcada para daqui a 20 dias.

O governador em exercício destaca que tem buscado o equilíbrio para lidar com o avanço da pandemia. Ele afirma que o Governo tenta se pautar sempre na questão da técnica.

Diante da situação atual, o governo reconhece a atuação desses líderes comunitários, que estão na linha de frentes desde o início da pandemia. Com isso, houve a convocação da reunião para envolver as lideranças na criação de uma comunicação mais efetiva nas favelas.

O secretário de Estado de Governo, André Lazaroni afirmou que o Governo já abriu diálogo com os setores produtivos, comércio do asfalto e comércio da favela. Em seguida, Lazaroni também indica a abertura de diálogo com as comunidades.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Governador do RJ volta atrás e mantém fechamento do estado por 14 dias

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA