Bolsa Família começa calendário! Confira cronograma de pagamentos em março

Pontos-chave
  • Bolsa Família libera pagamento de março;
  • Inclusão no Caixa Tem é finalizada;
  • Extensão de renda pelo auxílio emergencial só será concedida em abril.

Novo pagamento do Bolsa Família começa a ser feito hoje. Nesta quinta-feira (18), a Caixa Econômica Federal (CEF) passou a liberar as mensalidades dos segurados do BF. Diante do atraso na validação do projeto orçamentário do auxílio emergencial, os valores de março deverão ser mantidos na média de R$ 190. Acompanhe mais detalhes.

Bolsa Família começa calendário! Confira cronograma de pagamentos em março (Imagem: Divulgação)

Para quem está inscrito no Bolsa Família e o número final do NIS se encerra em 1, o pagamento acaba de ser liberado. A Caixa estará concedendo a terceira mensalidade de 2020 ao longo das próximas semanas, com o encerramento do cronograma previsto para o dia 31 de março.

A organização dos envios permanecesse sendo feita com base no NIS. O que significa dizer que nesta sexta-feira (20) será a vez de quem tem o cartão encerrado em 3. Na segunda-feira (22), para aqueles com o final 3 e assim por diante.

Confira o calendário do Bolsa Família para este mês

  • NIS de final 1 – 18 de março
  • NIS de final 2 – 19 de março
  • NIS de final 3 – 22 de março
  • NIS de final 4 – 23 de março
  • NIS de final 5 – 24 de março
  • NIS de final 6 – 25 de março
  • NIS de final 7 – 26 de março
  • NIS de final 8 – 29 de março
  • NIS de final 9 – 30 de março
  • NIS de final 0 – 31 de março

Inclusão no Caixa Tem

Nesse mês, o banco estará também encerrando o processo de digitalização dos pagamentos. Isso significa dizer que a partir de agora todos os segurados que não possuem vinculo bancário deverão receber seus salários do projeto por meio do Caixa Tem.

O procedimento vem sendo feito desde dezembro de 2020, mas somente agora encerrará o cadastro das 14,2 milhões de famílias vinculadas ao projeto.

Saque e utilização da conta digital

Para os novos ingressos na ferramenta, o procedimento de uso é simples. Primeiro, é preciso instalar o app do Caixa Tem no seu celular. Depois, basta informar os dados de identificação pessoal (nome completo, data de nascimento e nome dos pais) e na sequência informar o número de seu telefone.

Um código de acesso será enviado por SMS. É só digitá-lo no app e automaticamente a carteira digital ficará disponível para uso. Por meio dela, você conseguirá pagar seus boletos, utilizar o cartão de débito virtual e fazer compras pela internet.

Há ainda a chance de comprar em estabelecimentos que façam a leitura de QR code. Já o saque é autorizado sem tempo de carência e deve ser feito nos caixas eletrônicos vinculados a Caixa Econômica.

Extensão pelo auxílio emergencial

A partir de abril, de acordo com as previsões ofertadas pelo governo federal, é que os segurados do Bolsa Família receberam a extensão do auxílio emergencial.

Para eles, as datas de pagamento serão as mesmas já divulgadas pelo ministério da cidadania no início do ano. Ou seja, seguirá o cronograma oficial do projeto.

No que diz respeito aos valores, o aumento significativo só será concedido para dois grupos. Aqueles que podem receber R$ 250 comprovando ter mais de um membro familiar e as mães de família solteiras cujo o pagamento será de R$ 375.

Para o valor mínimo de R$ 150, não haverá diferença tendo em vista que a atual base média do Bolsa Família é de R$ 190.

Bolsa Família começa calendário! Confira cronograma de pagamentos em março (Imagem: Divulgação)

Reformulação do projeto

Com a aprovação do auxílio emergencial, o governo federal informou que estará adianto a reforma do Bolsa Família. A previsão de reajuste nos valores das mensalidades e criação de novos abonos ficou marcada para o segundo semestre de 2021.

Entre as propostas já confirmadas pela equipe social e econômica, está a implementação dos seguintes acréscimos de renda:

  • Valor do auxílio-creche mensal para cada criança seria de R$ 52,00
  • Bônus anual para o melhor aluno de R$ 200,00
  • Bolsa mensal de R$ 100,00, mais um prêmio anual de estudante científico e técnico de destaque de R$ 1.000,00

Quem tem direito ao Bolsa Família?

  • Famílias extremamente pobres que têm renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa
  • Famílias pobres que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa
  • Famílias pobres participam do programa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.