Caixa promete novas condições de pagamento para Casa Verde e Amarela

Pontos-chave
  • Brasileiros vinculados ao Casa Verde e Amarela têm tempo de carência ampliado;
  • Caixa anuncia alterações no sistema de pagamento do programa;
  • Faixas de renda para contratação são disponibilizadas

Brasileiros poderão ter mais tempo para quitar o financiamento de seus imóveis. Diante da pandemia do novo coronavírus, a Caixa Econômica Federal informou que está ampliando o tempo de carência para a quitação das parcelas dos mutuários do Casa Verde e Amarela. A decisão vem sendo debatida em parceira com o governo e será anunciada em breve.

Caixa promete novas condições de pagamento para Casa Verde e Amarela (Imagem: Reprodução/Google)
Caixa promete novas condições de pagamento para Casa Verde e Amarela (Imagem: Reprodução/Google)

O Casa Verde e Amarela já está em funcionamento e promete ofertar o sonho de casa própria para milhares de brasileiros com baixa renda. O programa funciona em substituição ao antigo Minha Casa Minha Vida e tem como principal finalidade ofertar crédito imobiliário com baixas taxas de juros.

Mudança no tempo de carência

Em evento realizado nesta semana, o presidente da Caixa Econômica Federal, instituição bancária vinculada ao Casa Verde e Amarela, informou que deverá ampliar o tempo de carência do projeto.

A ideia é que os segurados tenham mais seis meses para começar a quitar suas parcelas.

“No ano passado, houve pausas [de pagamento] para 2,6 milhões de famílias”, disse Guimarães, durante Summit Abrainc 2021.

Inicialmente, a Caixa espera que, com o tempo de carência amplificado, a população consiga lidar com o atual momento de crise econômica motivado pelo novo coronavírus e assim mantenha as parcelas do financiamento em dia.

Guimarães ressaltou que, para os novos contratantes, é necessário ficar atento ao momento econômico na hora de assinar o contrato pelo programa. Segundo ele, é “importante que pessoas escolham linha mais atrativa conforme momento da economia”. “Não faltará crédito imobiliário”, garantiu.

Números do Casa Verde e Amarela

Até o momento, os relatórios da Caixa contabilizaram cerca de R$ 116 bilhões em contratações pelo programa habitacional. A previsão é de que o valor suba para R$ 130 bilhões ao longo dos próximos meses.

O presidente do banco informou ainda que, para incentivar o serviço, o banco estará abrindo cerca de 400 agências espalhadas por todo o país de modo que otimize o atendimento do projeto.  “Poderemos estar em todas as cidades com mais de 20 mil habitantes”, afirmou.

Projeções econômicas

Também participante do evento, a presidente da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), Cristiane Teixeira Portella, informou que em 2021 a projeção é de que haja uma alta de 27% no valor total de solicitações do financiamento imobiliário.

Segundo ela, somente em 2020 a expansão foi de 58%. “Temos tudo para este ser um ótimo ano para o crédito imobiliário”, disse a presidente da entidade.

A gestora explicou ainda que a utilização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vem contribuindo consideravelmente para o aumento das contratações. Ela explicou que pode haver um crescimento de 7% na utilização do FGTS, totalizando um incremento de 21% no crédito imobiliário.

Caixa promete novas condições de pagamento para Casa Verde e Amarela (Imagem: Reprodução/Google)

Atualização para faixa do Caso Verde Amarela

Quem também estava presente foi o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM). Em sua fala, o gestor defendeu que o governo autorize a atualização dos valores do teto dos imóveis para a faixa 1,5 do programa habitacional Casa Verde e Amarela, considerando-se “o boom dos insumos da construção civil”.

Segundo ele, o uso do FGTS deve ser vilto como uma forte política de fomento para garantir a execução de obras no saneamento e transporte. “Não podemos permitir consolidação da tese que FGTS é simplesmente um complemento de salário para o trabalhador”, disse.

Ramos informou ainda que sua equipe trabalha na construção de um código ambiental urbano “Não é possível haver as mesmas regras de florestas em uma área urbana consolidada. Eu me disponho a ser o autor desse projeto de lei”, afirmou.

Sobre o Casa Verde e Amarela

O programa já está sendo solicitado em todo o país e funciona em um regimento similar ao Minha Casa Minha Vida. Para ser um contratante o cidadão precisa se adequar as seguintes linhas de financiamento:

Famílias com renda bruta de até R$ 2 mil:

Faixa 1: O cidadão pode adquirir um imóvel cujo empreendimento é financiado pela Caixa Econômica Federal com taxas de juros que podem chegar até 4,75% ao ano e subsídios até R$ 477,5 mil de acordo com a sua renda e região onde você mora. A pessoa contemplada tem até 30 anos para pagar.

Famílias com renda bruta de até R$ 4 mil:

Faixa 2: Se sua família se encaixa nesta faixa os subsídios podem chegar até R$ 29 mil de acordo com sua renda e localização do imóvel.

Famílias com renda bruta de até R$ 7 mil:

Faixa 3: Para famílias com renda bruta de até R$ 7 mil, a taxas de juros são atrativas na aquisição da casa própria.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.