Auxílio-doença e BPC garantem perícia médica presencial no lockdown de SP

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) localizadas em São Paulo informaram que, mesmo com o lockdown, continuarão realizando a perícia médica para os pedidos de auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Auxílio-doença e BPC garantem perícia médica presencial no lockdown de SP

Dessa maneira, apenas as agências do INSS que tiverem avaliações médica e social ficarão abertas, durante a fase emergencial do Plano SP de contenção da Covid-19. As demais unidades estarão fechadas entre os dias 15 e 30 de março.

Os atendimentos dos segurados que solicitaram o auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, e o BPC começaram a partir da próxima segunda-feira (15). Porém, para que seja atendido será necessário fazer o agendamento para os serviços de perícia médica.

O INSS informou que a decisão de manter a perícia médica e avaliação social para esses casos atende o Decreto Federal 10.282/2020 que define esses serviços como essenciais para a população e, portanto, mesmo com o lockdown, não pode deixar de ser oferecido.

O Instituto também esclareceu que os segurados que tinham outros tipos de atendimentos agendados para este mês terão as datas remarcadas. O INSS está entrando em contato para comunicar sobre o cancelamento e reagendar o novo atendimento.

Dessa maneira, quem não for contatado, pode estar com os dados do cadastro desatualizados e, nesse caso, deve ligar para a Central de Atendimento do Instituto pelo número de telefone 135. O INSS pede que não compareça na agência sem o agendamento.

Na capital do estado será quatorze agências que irão oferecer o atendimento de perícia médica e avaliação social, espalhadas pelas cinco regiões: Região Central, Zona Norte, Zona Sul, Zona Oeste e Zona Leste. Veja abaixo mais detalhes.

REGIÃO CENTRAL

  • Brás – rua José de Alencar, 56;
  • Centro – rua Coronel Xavier de Toledo, 290;
  • Glicério – – praça Nina Rodrigues, 151/153.

ZONA NORTE

  • Lapa – rua Engenheiro Fox, 443;
  • Ataliba Leonel – avenida General Ataliba Leonel, 1.085.

ZONA SUL

  • Cidade Dutra – rua Padre José Garzotti, 75;
  • Santo Amaro – rua Comendador Elias Zarzur, 98;
  • Jabaquara – avenida Engenheiro George Corbisier, 1.197;
  • Vila Mariana – rua Santa Cruz,707.

ZONA OESTE

  • Pinheiros – rua Butantã, 68.

ZONA LESTE

  • Aricanduva – avenida Rio Das Pedras, 2.476;
  • Penha – rua Cirino De Abreu, 112 / 122;
  • Itaquera – rua José Oiticica Filho, 501;
  • Tatuapé – rua Euclides Pacheco, 463.

O lockdown em São Paulo foi anunciado ontem, quinta-feira (11), pelo governado do estado, João Doria (PSDB).

Serão duas semanas de medidas restritivas mais severas, funcionando apenas os serviços essenciais até o dia 30 de março.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.