Lockdown em Salvador: O que abre e fecha na capital baiana?

A partir desta terça-feira (26), a prefeitura de Salvador, na Bahia, vai ficar em lockdown. Essa medida será válida das 17 horas de sexta até as 5 horas de segunda-feira (1º), sendo assim, apenas os serviços essenciais poderão continuar funcionando.

Lockdown em Salvador: O que abre e fecha na capital bahiana?

Nessa medida todos os estabelecimentos comerciais e transportes públicos, incluindo o metrô, terão as atividades interrompidas neste período.

Somente farmácias e supermercados vão ter autorização para funcionar neste final de semana.

“Infelizmente, a ocupação dos leitos tende a subir após a regulação dos pacientes que estão nas UPAs aguardando internamento hospitalar.

E a forma mais eficaz de controlar a ocupação dos leitos de UTI e a circulação do vírus é mantendo o isolamento social”, disse o prefeito em uma rede social

Nesta quinta-feira (24), o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM) teve uma reunião com o governador Rui Costa (PT) para discutir a divulgação dos detalhes da medida. 

A capital baiana está perto de ter um colapso no sistema público de saúde. Isso pois a taxa de ocupação dos leitos para pacientes com Covid-19 está acima de 85%.

Faz 6 dias que a capital está apresentando um nível de ocupação de leitos alto, mais alto que todo o ano de 2020.

Essa é a primeira vez que essa medida será tomada no Estado ao mesmo tempo desde o início da pandemia. 

O comércio deve fechar às 17 horas, os bares e restaurantes podem funcionar até as 18 horas e os shoppings podem funcionar até às 20 horas,

“Essa diferença de horário é para escalonar o uso do transporte, para que não haja a coincidência do deslocamento para casa de todo mundo no mesmo horário.

Por isso decidimos fracionar os horários. Com isso, dilatamos o prazo do 1º fechamento até o último fechamento”, disse Rui Costa.

Fechamento do comércio em Salvador

Desde o dia 19 de fevereiro estava em vigor um toque de recolher no estado como uma tentativa de conter o avanço de contaminação na população.

No domingo (21), o horário da medida foi ampliado pelo prefeito Rui Costa, que tinha determinado que os baianos deveriam ficar em casa entre 22h às 5h. 

Hoje, está em vigor que a população deve ficar em casa entre 20h às 5h.

Segundo  a Secretaria de Saúde da Bahia, até 13h30 desta quinta-feira (25), 83% dos leitos de UTI estavam ocupados no Estado.

São 925 pacientes adultos e pediátricos em estado grave ocupando leitos nas diversas regiões da Bahia.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA